Tatá Werneck fala sobre gravar 'Lady Night' grávida: 'um desafio muito grande'

Redação - O Estado de S.Paulo

Apresentadora contou que, devido ao mal-estar e vômitos constantes, gravava o programa com um balde embaixo da mesa

A apresentadora Tatá Werneck gravou o programa 'Lady Night' quando estava grávida.

A apresentadora Tatá Werneck gravou o programa 'Lady Night' quando estava grávida. Foto: Juliana Coutinho/Divulgação

A segunda temporada de Lady Night estreia nesta quinta-feira, 23, após o BBB 20, mas a apresentadora Tatá Werneck ainda está de licença-maternidade, cuidando de Clara Maria ao lado de Rafael Vitti.

O que se verá é um compilado dos melhores momentos da terceira e quarta temporadas do programa, que foram exibidos no Multishow. Mas parte do trabalho foi gravado quando a também atriz ainda estava grávida.

"Foi um desafio muito grande. Eu estava realmente passando muito mal", disse a apresentadora. Ela chegou a cancelar uma gravação devido ao mal-estar, uma vez que foi diagnosticada com hiperêmese gravídica, que provoca muitos enjoos.

"Eu gravava [o programa] com um balde debaixo da mesa", contou Tatá. A apresentadora afirmou que, às vezes, vomitava 30 vezes em um dia.

Apesar do desafio, ela não deixou o Lady Night de lado. "Eu amo trabalhar e queria muito ter esse registro do primeiro momento com minha filha. E também mostrar o quanto é difícil para a mulher a gestação", disse.

Paolla Oliveira será a primeira convidada dessa nova fase do programa, que ainda trará, entre outros convidados, Lázaro Ramos, Maraia e Maraísa, Caetano Veloso, Ana Maria Braga, Selton Mello e Fátima Bernardes.