Taís Araújo participa de debate na Columbia University, em Nova York

Redação - O Estado de S.Paulo

'A diferença entre os Estados Unidos e o Brasil é um abismo na questão racial', disse, após o evento

Taís Araújo na Universidade de Columbia

Taís Araújo na Universidade de Columbia Foto: Instagram / @taisdeverdade

A atriz Taís Araújo publicou uma foto em seu Instagram comemorando uma de suas novas conquistas: participar da cerimônia de abertura da Africa Week da Universidade de Columbia, em Nova York.

"Minha cara de pau me leva a lugares que jamais imaginei. [...] Meu inglês que até é direitinho para uma mesa de bar, mas para um discurso... Bom, falei com o coração e foi muito importante para mim. Muito obrigada a todos que estiveram lá, obrigada a todos os representantes dos paíeses africanos e da diáspora, que me enriqueceram com nossa cultura", publicou em seu Instagram.

Em entrevista ao canal Brazil Talk, falou mais a respeito de suas percepções sobre o encontro: "Foi muito enriquecedor ver como a gente no Brasil funciona diferente do resto da África e da diáspora, no geral. O tempo inteiro eles falavam sobre descendência africana, e eu fui ficando pequenininha cheia de vergonha, porque no Brasil a gente sequer se chama de afro-descendente. E quando a gente coloca essa questão, falam 'Nossa, que besteira, o Brasil é misturado'. Mas eu acredito que, a partir do momento em que você se declara afro-descendente com orgulho, você reafirma uma identidade".

"A diferença entre os Estados Unidos e o Brasil é um abismo na questão racial. Apesar de a gente ver tudo que está acontecendo aqui, que parece que está retrocedendo, mesmo assim a gente no Brasil tá muito aquém das conquistas que os Estados Unidos tiveram", concluiu.

Confira abaixo a postagem de Taís e um trecho de sua entrevista após o debate: