Sufragista vai ganhar estátua no parlamento britânico

Redação - O Estado de S.Paulo

Millicent Fawcett será a primeira mulher a ser homenageada com uma estátua no local

Millicent Garrett Fawcett. Fawcett, que formou a União Nacional de Sufragistas em 1897. 

Millicent Garrett Fawcett. Fawcett, que formou a União Nacional de Sufragistas em 1897.  Foto: Bain News Service Collection/Library of Congress

A sufragista Millicent Fawcett, que liderou a luta para que as mulheres tivessem direito ao voto no Reino Unido, será a primeira mulher a ser homenageada com uma estátua no Parlamento Britânico.

A ideia da estátua surgiu após um abaixo-assinado online que conseguiu mais de 80 mil assinaturas e foi divulgado até mesmo por Emma Watson e J.K. Rowling.

"O exemplo que Millicent Fawcett deu durante a luta para a igualdade continua a inspirar a batalha contra as injustiças de hoje", disse a primeira-ministra Theresa May num comunicado. "É direito e próprio que ela seja honrada no parlamento britânico junto a outros líderes que mudaram nosso país", completou.

Fawcett, que formou a União Nacional de Sufragistas em 1897, liderou uma campanha de direitos igualitários por meio de petições, lobby e protestos. Depois, o movimento das sufragistas passou a usar táticas como greves de fome, incêndios criminosos e ataques com bombas. Em 1918, algumas mulheres ganharam direito à voto, mas apenas em 1928 que esses direitos foram iguais aos dos homens.

* Com informações da Reuters.