Shows e concertos são cancelados na Ásia por medo do coronavírus

Redação - O Estado de S.Paulo

Bandas de k-pop estão desmarcando eventos devido ao novo surto

A principal boybad do K-pop, o BTS, em show no Billboard Music Awards 2018

A principal boybad do K-pop, o BTS, em show no Billboard Music Awards 2018 Foto: Mario Anzuoni/Reuters

As agências sul-coreanas estão cancelando shows de K-pop na Coreia do Sul e no exterior em resposta a comentários dos fãs sobre a segurança dos músicos diante do novo coronavírus. As informações são da Associated Press.

As boybands Winner e NCT Dream, por exemplo, cancelaram shows em Macau e Singapura.

A banda Got7 adiou um evento em Bangcoc, capital da Tailândia, e a girlband GFriend está sem audiência na apresentação do novo álbum devido ao surto da doença, informou a produtora.

Não é só a indústria do K-pop que está assustada com a nova epidemia. A Orquestra Sinfônica de Boston cancelou uma turnê pela Ásia, e a Filarmônica de Hong Kong desmarcou cinco shows no continente asiático.

Os efeitos colaterais do vírus têm atingido fortemente a indústria das artes na Ásia, especialmente em Hong Kong. A cidade, que se transformou em um centro cultural internacional e porta de entrada para a China, agora enfrenta o cancelamento de vários eventos.

A ausência de movimentação cultural no país causa estragos ainda maiores em uma economia já prejudicada por prolongados protestos contra o governo. Art Basel Hong Kong, uma das feiras de arte mais prestigiadas da Ásia, está considerando a possibilidade de adiar o evento anual em março.