Shailene Woodley não descarta possibilidade de cargo político

Redação - O Estado de S.Paulo

Em entrevista ao 'The New York Times', a atriz protagonista de 'A Culpa é das Estrelas' também falou sobre feminismo e ativismo ambiental

A atriz Shailene Woodley pensou em carreira política ao trabalhar na campanha de Bernie Sanders.

A atriz Shailene Woodley pensou em carreira política ao trabalhar na campanha de Bernie Sanders. Foto: Lucy Nicholson/Reuters

A atriz Shailene Woodley, protagonista de A Culpa é das Estrelas, está concorrendo ao Emmy ao lado das colegas de Big Little Lies Laura Dern, Reese Witherspoon e Nicole Kidman. Mas, no futuro, a jovem pode estar concorrendo a um cargo político.

Em entrevista ao The New York Times, Shailene falou sobre o ativismo ambiental dela com uma sugestão de que poderia concorrer, um dia, a uma cadeira no Congresso norte-americano.

"Houve um momento no ano passado, quando eu estava trabalhando na campanha de Bernie Sanders, que eu pensei: 'Talvez eu concorra ao Congresso em alguns anos.' E sabe? Eu não descarto essa possibilidade. Quem sabe? A vida é longa, e eu sou jovem", disse.

Levando em conta essa possibilidade, a atriz entra para o time de personalidades que pretendem entrar na poítica, como Kid Rock e Dwayne Johnson. Porém, diferentes desses dois, Shailene tem um perfil muito mais visível e sustentado de engajamento político e ativismo.

Em 2016, a jovem foi presa enquanto participava de um protesto com cerca de 100 pessoas, que invadiram uma propriedade em Dakota do Norte. O grupo lutava contra a construção de um oleoduto em uma reserva indígena.

Shailene falou sobre as causas nas quais acredita, principalmente a de meio ambiente. Sobre o feminismo, ela disse que "precisamos de mais suavidade, mais silêncio e mais pausa no meio do caos".

Galeria: saiba quais artistas já se candidataram a um cargo político