Selena Gomez considera se aposentar da música: 'É difícil continuar'

Bárbara Correa* - O Estado de S.Paulo

'Eu ainda vivo com a sensação assustadora de que as pessoas me veem como essa garota da Disney', disse a artista

Selena Gomez fez transplante de rins em 2017

Selena Gomez fez transplante de rins em 2017 Foto: Stephane Mahe/Reuters

Selena Gomez revelou que considera se aposentar de sua carreira de cantora em uma entrevista à Vogue US, divulgada nesta terça-feira, 9. A artista, que irá lançar um EP em espanhol, Revelación, no próximo dia 12, é a capa da edição de abril da revista.

Aos 28 anos, Selena falou que um dos impactos de ter começado a trabalhar muito jovem é que muitas pessoas não a levam a sério. Quando tinha 10 anos, ela foi escalada, ao lado de Demi Lovato, para Barney & Friends. Três anos depois, garantiu o papel de Alex Russo no programa do Disney Channel, Os Feiticeiros de Waverly Place.

“Eu ainda vivo com a sensação assustadora de que as pessoas ainda me veem como essa garota da Disney”, considerou. “É difícil continuar fazendo música quando as pessoas não levam você necessariamente a sério (…) Eu tive momentos em que eu fiquei tipo, ‘qual é o ponto? Por que eu continuo fazendo isso?", disse ela. 

Gomez ainda compartilhou uma frustração que sentiu quando sua música Lose You to Love Me, recebeu diversas críticas, apesar da faixa ter atingido o topo da Billboard. "Eu senti que foi a melhor música que já lancei, e para algumas pessoas ainda não era o suficiente”, desabafou a cantora.

“Eu acho que há muitas pessoas que gostam da minha música, e por isso eu sou muito grata, por isso eu continuo, mas acho que da próxima vez que fizer um álbum será diferente. Quero tentar uma última vez antes de aposentar a música”, disse. Quando questionada pela repórter, ela ponderou: “Preciso ter cuidado. Quero passar mais tempo produzindo e dar uma chance de verdade para a atuação”.

Afastamento das redes sociais

Selena também deu mais detalhes de como é sua relação com as redes sociais. A artista está fora da internet há três anos e revelou que envia fotos e mensagens de texto para a assessora compartilhar no seu perfil do Instagram e Twitter

“Uma manhã, eu acordei e olhei para o Instagram, como todas as pessoas fazem, e percebi que cansei. Estava cansada de ler coisas horríveis, cansada de ver a vida de outras pessoas. Depois dessa decisão, foi liberdade instantânea. A vida na minha frente era a minha vida, eu estava presente e não poderia estar mais feliz com isso“, refletiu.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais