Sandy e Junior no Rock In Rio: relembre show e setlist no festival em 2001

André Carlos Zorzi - O Estado de S.Paulo

Dupla se apresentou no mesmo dia que Britney Spears, Nsync, Aaron Carter, Five e Moraes Moreira na 3ª edição do evento

Sandy e Junior em show no Rock In Rio 3, em 2001. 

Sandy e Junior em show no Rock In Rio 3, em 2001.  Foto: Paulo Whitaker / Reuters

O Rock In Rio 2019 tem início nesta sexta-feira, 27, contando com artistas de variados estilos musicais. Em 2001, na 3ª edição do festival, a dupla Sandy e Junior, que atualmente está em meio a uma turnê comemorativa de 30 anos de carreira, fez um show memorável para cerca de 250 mil pessoas no palco principal da atração.

O show ocorreu na chamada Noite Teen do Rock In Rio, em 18 de janeiro de 2001, e contou com 36 músicos, 20 bailarinos e acrobatas, um painel de vídeo com 60 televisões acompanhando os artistas na Cidade do Rock.

Cantando para 250 mil pessoas, Sandy e Junior estiveram diante de uma de suas maiores plateias na carreira até hoje. Em outras ocasiões marcantes, cantaram para 1,2 milhão de pessoas em João Pessoa, na Paraíba, em 2002; além de um Maracanã lotado com 70 mil fãs no mesmo ano.

Sandy e Junior animam a plateia durante seu show no Rock In Rio em 2001.

Sandy e Junior animam a plateia durante seu show no Rock In Rio em 2001. Foto: Wilton Junior / Estadão

À época, Sandy tinha 17 anos e Junior, 16. A dupla havia recém-lançado o álbum As Quatro Estações, e também fazia sucesso com o seriado Sandy e Junior, exibido semanalmente na Globo.

Em 2019, a cantora reconheceu que ficou com medo de vaias antes de se apresentar no Rock In Rio.

O show de Sandy e Junior no Rock In rio em 2001

Após uma introdução, o show começou com Vamo Pulá!. Mais quatro canções - Beijo É Bom, Olha o Que o Amor Me Faz, Enrosca e Imortal - e Junior pediu ao público para cantar a música tema do festival ("Ô! Ô ô ô ô! Ô ô ô ô! Ô ô ô Rock In Rio!") com gritos de "Pop in Rio!".

Na sequência, Junior assumiu a bateria embalando a introdução para uma versão estilizada de Dig-Dig-Joy

Depois de mais três canções, chegou a hora de agradecer aos músicos da banda, ao som de Smooth, música da banda mexicana Santana, com direito ao cantor tocando percussão.

Sandy e Junior no palco do show no Rock In Rio em 2001. 

Sandy e Junior no palco do show no Rock In Rio em 2001.  Foto: Wilton Junior / Estadão

Após As Quatro Estações, Junior fez um discurso envolvendo a temática do Rock In Rio em 2001: "Por um mundo melhor! Demais, né, gente? Mas não adianta só pensar, não. Só falar. Tem que fazer. Essa é a verdade."

"E para a gente construir um mundo melhor, só construindo um Brasil Melhor. Só com amor!", emendou Sandy, antes de voltarem à cantoria com Vai Ter Que Rebolar.

Sandy e Junior em show no Rock In Rio 3, em 2001. 

Sandy e Junior em show no Rock In Rio 3, em 2001.  Foto: Wilton Junior / Estadão

O espetáculo se encerrou com Eu Quero Mais. "Bom gente, agora é uma pena, mas o nosso show chegou ao fim. Só queria dizer que foi a maior emoção da nossa vida inteira. Obrigado por todo esse carinho, galera, vocês são demais! Tchau!", despediu-se Sandy.

Repercussão do show de Sandy e Junior no Rock In Rio

A apresentação rendeu elogios internacionais, como o do músico Dave Matthews, que aprovou a performance de Sandy: "Tecnicamente, ela é perfeita, tem afinação e movimentação de palco legal".

O empresário Roberto Medina, organizador do evento, afirmou que "Eles têm um show para ir aos Estados Unidos e arrebentar".

Sandy e Junior agradecem a plateia durante o show no Rock In Rio 3, em 2001. 

Sandy e Junior agradecem a plateia durante o show no Rock In Rio 3, em 2001.  Foto: Wilton Junior / Estadão

A revista norte-americana NME (New Musical Express) afirmou que "Sandy e Junior, que trouxeram 30 dançarinos com eles e uma estrutura de palco massiva com um espetáculo que deixou os 'gringos' com vergonha".

Outros shows do dia em que Sandy e Junior cantaram no Rock In Rio

Além de Sandy e Junior, se apresentaram no Palco Mundo da Noite Teen do Rock In Rio Moraes Moreira e atrações internacionais: Britney Spears, Aaron Carter e as boybands Five e Nsync.

Moraes Moreira surgiu em um trio elétrico de 27 metros e quatro toneladas pelo portão principal do evento. Na apresentação, foi acompanhado por Davi Moraes, seu filho, e o percussionista Repolho.

"Meu filho estava comigo no primeiro Rock In Rio, e tinha apenas 12 anos na época", afirmou o cantor ao Estado na ocasião.

Moraes Moreira em Trio Elétrico no Rock In Rio 3, em 2001.

Moraes Moreira em Trio Elétrico no Rock In Rio 3, em 2001. Foto: Wilton Junior / Estadão

Aaron Carter, que tinha apenas 13 anos à época, viajou 14 horas para chegar ao Rio de Janeiro e, acompanhado por alguns dançarinos, cantou com auxílio de playback.

À época, o cantor ainda era mais conhecido por ser irmão de Nick Carter, do Backstreet Boys, do que pelas próprias músicas. Cantou apenas quatro, em uma apresentação curta.

Aaron Carter durante seu show no Rock In Rio em 2001. 

Aaron Carter durante seu show no Rock In Rio em 2001.  Foto: Wilton Junior / Estadão

A boyband Five cantou alguns de seus sucessos, como Keep On Moving, Everybody Get Up, If Ya Gettin' Down e até uma versão de We Will Rock You, da banda Queen.

Músicos do Five durante coletiva de imprensa no Hotel Sofitel, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, antes da apresentação da banda no Rock In Rio 3, em 2001.

Músicos do Five durante coletiva de imprensa no Hotel Sofitel, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, antes da apresentação da banda no Rock In Rio 3, em 2001. Foto: Delfim Vieira / Estadão

Ainda no auge de sua carreira, o que demandou um forte esquema de segurança, Britney Spears trocou de roupa 10 vezes durante o show, e cantou alguns de seus principais hits, encerrando o show com Oops I Did It Again.

O momento marcante da apresentação ocorreu na música Lucky. Vestida como uma marinheira norte-americana, uma bandeira dos Estados Unidos foi exibida no telão atrás da cantora, gerando vaias do público e gritos de "Brasil! Brasil! Brasil!".

Antes do show, Britney afirmou que não conhecia Sandy e Junior, mas gostaria de encontrá-los durante o evento.

A cantora Britney Spears durante seu show no Rock In Rio 2001. 

A cantora Britney Spears durante seu show no Rock In Rio 2001.  Foto: Milton Michida / Estadão

O grupo Nsync, que contava com Justin Timberlake, à época namorado de Britney Spears, começou o show com No Strings Attached e encerrou com o sucesso Bye Bye Bye, passando por It's Gonna Be Me e I Want You Back.

Durante a apresentação, a boyband também interpretou, à capella, sucessos do Bee Gees.

N'Sync em show no Rock In Rio 2001. 

N'Sync em show no Rock In Rio 2001.  Foto: Wilton Junior / Estadão

Ao longo do dia, que chegou a contar com temperaturas de até 40ºC, foram registrados 162 atendimentos a casos de insolação no público, que também teve de se preocupar com o risco de assaltos.

Devido à multidão que se formava no local, os portões também precisaram ser abertos ao meio-dia, cerca de uma hora antes do previsto.

Justin Timberlake, de bandana, ao lado de seus colegas de N'Sync no Rock In Rio 3, em 2001. 

Justin Timberlake, de bandana, ao lado de seus colegas de N'Sync no Rock In Rio 3, em 2001.  Foto: Wilton Junior / Estadão

Os artistas e suas equipes chamaram atenção também por conta da quantidade de quartos alugados no Hotel Intercontinental durante o período do festival.

O Nsync reservou 67, diante de 55 de Britney Spears. O grupo Five, por sua vez, foi mais modesto: 'apenas' 11 apartamentos.

Fãs de Iron Maiden e Britney Spears, lado a lado, no Rock In Rio 3, em 2001. 

Fãs de Iron Maiden e Britney Spears, lado a lado, no Rock In Rio 3, em 2001.  Foto: Maria Eliza Franco / Estadão

Na Tenda Brasil, palco alternativo, outros nomes conhecidos se apresentaram, como Vinny ("Mexe a Cadeira"), LS Jack ("Ô Carla..."), SNZ, grupo formado pelas filhas de Baby do Brasil e Pepeu Gomes) e Luciana Melo, filha de Jair Rodrigues

Clique aqui para conferir a programação completa do Rock In Rio em 18 de janeiro de 2001, dia do show de Sandy e Junior no festival.

Sandy e Junior se abraçam no palco do show no Rock In Rio 3, em 2001. 

Sandy e Junior se abraçam no palco do show no Rock In Rio 3, em 2001.  Foto: Paulo Whitaker / Reuters

Setlist do show de Sandy e Junior no Rock In Rio 2001

Confira abaixo o setlist do show de Sandy e Junior no Rock In Rio 3, em 2001:

- Vamo Pulá!

- Beijo É Bom

- Olha o Que o Amor Me Faz

- Enrosca (versão de música do Fábio Jr.)

- Imortal

- Tema do Rock In Rio, trocando a palavra "Rock" por "Pop"

- Dig-Dig-Joy (com Junior na bateria no início da música)

- Fascinação (cover da música popularizada por nomes como Elis Regina e Édith Piaf)

- Em Cada Sonho (versão de My Heart Will Go On, de Céline Dion, música tema do filme Titanic)

- A Lenda

- No Fundo do Coração

-  Smooth (cover de Santana), com agradecimentos à banda e à diretora do show

- As Quatro Estações

- Vai Ter Que Rebolar

- Eu Quero Mais

Vista aérea da área da Cidade do Rock do Rock In Rio 3, em 2001, no Rio de Janeiro. 

Vista aérea da área da Cidade do Rock do Rock In Rio 3, em 2001, no Rio de Janeiro.  Foto: Reuters