Sandy diz que só pôde ser '100%' do que é musicalmente após fim de dupla com Junior

Redação - O Estado de S.Paulo

'A gente pôde seguir esse caminho individual sendo, em vez de 50%, 100% daquilo que a gente tá fazendo', disse durante o 'Domingão do Faustão'

Sandy e Junior em foto de 1998.

Sandy e Junior em foto de 1998. Foto: Paulo Liebert / Estadão

Questionada novamente a respeito de sua carreira, a cantora Sandy falou sobre o fim da dupla que manteve com seu irmão, Junior, ao longo de 17 anos no Domingão do Faustão do último dia 2.

"É raro nesse meio a pessoa que larga a carreira num sucesso absurdo para vivenciar e priorizar outras coisas", comentou Faustão.

"Não foi uma decisão fácil, graças a Deus foi tomada em comum acordo com meu irmão. A gente decidiu junto isso e foi bom. A gente tá super feliz", respondeu Sandy.

"Foram 17 anos fazendo aquilo que dava muita alegria pra gente, realizava a gente como artista, como pessoa. A gente sentiu também que pra mudar, pra começar alguma coisa diferente, a gente só conseguiria... Nós somos pessoas diferentes."

Em seguida, Sandy ressaltou a importância da decisão artisticamente para ambos: "A gente pôde seguir esse caminho individual: eu fazendo só o meu som, ele fazendo o som dele. Sendo, em vez de 50% - porque a gente era 50% - sendo 100% daquilo que a gente tá fazendo".

Na última quinta-feira, 30, Sandy e Junior se reencontraram no palco durante turnê da cantora com Maria Gadú e Lucas Lima, e cantaram músicas como Acho que Pirei e Quando Você Passa. Assista ao momento clicando aqui.

VEJA TAMBÉM: 10 provas de que o mundo não superou a separação de Sandy & Junior

Acervo Estadão
Ver Galeria 11

11 imagens