Samara Felippo homenageia mães solo no Dia dos Pais: 'Pãe não existe, a lacuna fica'

Redação - O Estado de S.Paulo

A atriz é mãe de duas meninas e expôs as dificuldades de criar as filhas sozinha

Samara Felippo, 42, aproveita o Dia dos Pais para mandar o recado sobre maternidade solo

Samara Felippo, 42, aproveita o Dia dos Pais para mandar o recado sobre maternidade solo Foto: Reprodução Instagram / @sfelippo

Samara Felippo, 42, fez uma homenagem diferente e necessária no Dia dos Pais. A atriz exaltou as mães solo e rejeitou a expressão “pãe”, que junta as palavras pai e mãe para se referir às mães que criam seus filhos sozinhas. 

Na foto postada no Instagram, Samara veste uma camiseta escrito “pãe não existe”, e explica na legenda: “O que existe é mãe solo mesmo. Solo de sozinha, porque também não existe mãe solteira, já que minha maternidade não tem nada a ver com meu estado civil e também por haver muita mãe casada e solo".

Mãe de Alícia, 12, e Lara, 8, Felippo é separada do pai de suas filhas, o ex-jogador de basquete Leandrinho, desde 2013. "Não fazemos a função do pai, a lacuna fica mesmo", lamenta.

A atriz aproveita para mandar um recado aos pais presentes: "E você, pai que paterna, que sei que existem muitos, você não faz mais que sua obrigação", pontuou a atriz.

Samara usa suas redes sociais para levantar bandeiras do feminismo como o corpo livre (contra o estereótipo da beleza), as dificuldades da maternidade e o combate ao assédio no trabalho.