Salman Khan, astro de Bollywood, é condenado a 5 anos de prisão por atirar em animais silvestres

Redação - O Estado de S.Paulo

Em 1998, o ator matou dois veados ameaçados de extinção, infringindo a lei da Índia

Salman Khan chegando ao tribunal nesta quinta-feira, 5.

Salman Khan chegando ao tribunal nesta quinta-feira, 5. Foto: EFE/ Sunil Verma

Nesta quinta-feira, 5, o ator indiano Salman Khan, astro de Bollywood, foi condenado a cinco anos de prisão por caçar ilegalmente dois veados raros, ameaçados de extinção. O caso ocorreu em 1998, quando o ator gravava um filme no oeste da Índia.

Ele foi ao tribunal para receber a decisão na cidade de Jodhpur, e foi preso logo após o fim da sessão. O ator ainda pode recorrer em um tribunal superior. De acordo com a Associated Press, seus advogados estão tentando soltá-lo pagando uma fiança, mas ainda não se sabe se o juiz vai aceitar. 

Quatro outros artistas acusados do mesmo crime, Saif Ali Khan, Sonali Bendre, Tabu e Neelam, foram absolvidos. Eles estavam no carro que Khan estavam dirigindo.

Essa não foi a primeira vez que Khan teve problemas com a Justiça. Em 2015, o Tribunal de Bombay High anulou sua condenção em um caso de atropelamento e fuga em que foi acusado de atropelar um grupo de pessoas que dormia na calçada da cidade, deixando um morto e quatro feridos.

Khan é um dos atores mais populares da Índia e já estrelou uma série de filmes sucessos de bilheteria nos últimos anos.

* Com informações da Reuters e da Associated Press