Ruby Rose deleta seu Twitter e critica mulheres e comunidade LGBT

Redação - O Estado de S.Paulo

Atriz escalada para protagonizar 'Batwoman' fez desabafo antes de deixar rede social

A atriz australiana Ruby Rose criticou a desunião das mulheres e da comunidade LGBT antes de deixar o Twitter

A atriz australiana Ruby Rose criticou a desunião das mulheres e da comunidade LGBT antes de deixar o Twitter Foto: Stephane Mahe/Reuters

A atriz australiana Ruby Rose deixou o Twitter após reação negativa ao anúncio de que ela fará a heroína Batwoman em uma série de mesmo nome na emissora The CW. As críticas vinham desde sua capacidade de ser atriz até mesmo por não ser a atriz lésbica ideal para o papel. Antes de apagar sua conta na rede social, Ruby fez uma crítica às mulheres e à comunidade LGBT que não gostaram da sua escolha para o papel, alegando que ela não seria lésbica

“Onde surgiu essa conversa de ‘Ruby não é lésbica então ela não pode ser a Batwoman’ - isso deve ser a coisa mais ridícula que eu já li. Eu sai do armário aos 12 anos? Pelos últimos cinco anos tive que lidar com críticas como ‘ela é muito gay’ e agora vocês mudam de opinião assim? Eu não mudei. Queria que nós nos apoiássemos em nossas jornadas”, escreveu a atriz, segundo o site Deadline.

“Quando mulheres e minorias se juntam nós somos imbatíveis...quando nós começamos a nos destruir causamos muito mais danos do que qualquer outro grupo. Só queria que mulheres e a comunidade LGBT se apoiassem mais. Queria que fóssemos um pouco mais gentis. Este está sendo um ano maluco, especialmente esse ano”, continuou.

“Estou ansiosa para sair do Twitter e dormir mais do que quatro horas por noite enquanto foco minha energia nos meus dois próximos projetos. Se precisarem de mim, estarei no meu 'Batfone'”, completou Ruby.