Regina Casé diz ter sofrido preconceito em loja nos Estados Unidos

Redação - O Estado de S.Paulo

'Como eu tô muito atenta e sei que isso acontece diariamente com os negros, eu ouço, presto atenção', afirmou a atriz

Regina Casé.

Regina Casé. Foto: Reprodução de 'Conversa com Bial' (2019) / Globo

A atriz Regina Casé falou sobre uma situação em que afirma ter sofrido preconceito em uma loja nos Estados Unidos em entrevista ao Conversa com Bial, da Globo, na última quinta-feira, 25.

Na ocasião, segundo Regina, ao entrar na loja, a gerente teria chamado um segurança para "ficar de olho nela": "Como eu tô muito atenta e sei que isso acontece diariamente com os negros, eu ouço, presto atenção em como ela fala, presto atenção em como, quando eu tô andando, o segurança tá de olho em mim e no Estevão [seu marido]. Talvez eu esteja mais atenta. É como se eu tivesse uma lente de aumento" .

"Acho que pra milhares de pessoas, principalmente pessoas que tão acostumadas, mesmo sendo da minha cor, a acreditarem que são brancas, [porque] no Brasil são brancas, a pessoa tá ali, ouve aquilo e fala: 'Isso não é comigo. Eu tenho grana, e no Brasil, mesmo com essa cor, eu sou branca'", continuou sobre o tema.

VEJA TAMBÉM: Crianças que provaram que ninguém nasce racista

Instagram/ @gio_ewbank
Ver Galeria 7

7 imagens