Record TV e Rodrigo Faro são condenados a pagar indenização a ex-participante do programa

Felipe Laurence* - O Estado de S.Paulo

Walmor Ferreira participou do quadro ‘Arruma Meu Marido’ em 2011 e ficou com sequelas físicas

O apresentador Rodrigo Faro e a Record TV foram condenados pela Justiça do Mato Grosso a pagarem indenização a ex-participante do programa 'O Melhor do Brasil'

O apresentador Rodrigo Faro e a Record TV foram condenados pela Justiça do Mato Grosso a pagarem indenização a ex-participante do programa 'O Melhor do Brasil' Foto: Clayton de Souza/Estadão

O apresentador Rodrigo Faro e a Record TV foram condenados pela Justiça do Mato Grosso a pagar indenização no valor de R$ 137.870 a Walmor Ferreira, que participou do quadro Arruma Meu Marido, do programa O Melhor do Brasil, em 2011. Segundo a decisão do juiz Yale Sabo Mendes, da 7ª Vara Cível de Cuiabá, Walmor foi submetido à tortura física e emocional ao fazer um tratamento dentário inadequado para participar do quadro.

Na ação, Walmor afirma que foi escolhido para participar do programa após sua esposa o inscrever. Em 5 de dezembro de 2011, ele veio para São Paulo realizar os tratamentos estéticos prometidos (dentário, dermatológico, limpeza de pele, aplicação de botox, corte de cabelo, barbas e unhas) para participar na gravação do programa, que ocorreria em 21 de dezembro de 2011.

Walmor alegou que a clínica odontológica mudou o tratamento que foi combinado com a produção do programa e que ele teve 12 dentes extraídos em dois dias para a instalação de uma prótese provisória para o programa. Segundo ele, a dor para participar do programa foi enorme e, depois disso, a Record TV não lhe deu mais assistência dentária, o que causou problemas sérios na sua boca. Por isso, ele decidiu abrir um processo contra a emissora.

“Apesar de o autor ter assinado autorizando o 'tratamento', observa-se que a extração dos dentes estava consignada como ‘exodontia dos elementos dentais 35, 34, 44, 45, 18, 15, 13, 12, 11, 21, 23 e 25’, termos não utilizados popularmente e que uma pessoa simples, sem dúvida alguma, não tinha conhecimento do que estava para acontecer”, diz o juiz na sua sentença. “Assim, não obstante o autor já apresentar uma saúde bucal debilitada antes do programa, é certo que ficou muito mais comprometida depois das extrações dos dentes realizadas pela equipe da clínica que trabalha em conjunto com a Record TV”, continua Mendes, justificando a decisão ao anexar um laudo pericial feito em Walmor.

Com isso, o juiz condenou a emissora e o apresentador Rodrigo Faro ao pagamento de uma indenização no valor citado acima, sendo R$ 57.400  para arcar com as despesas da sua reabilitação bucal; R$ 50.000 como danos morais; R$ 30.000 em danos estéticos e R$ 470 em danos materiais. Como se trata de decisão em primeiro grau, ela ainda é passível de recurso perante o Tribunal de Justiça do Mato Grosso.

Record. Em contato com o E+, a assessoria de imprensa da Record TV falou que nem a emissora ou o apresentador Rodrigo Faro irão comentar o caso. No entanto, no relatório da sentença, o juiz fala que a emissora considera os argumentos de Walmor “fantasiosos” e que ele concordou expressamente com o tratamento a ser realizado. “Quanto ao tratamento odontológico, afirmam que ele concordou expressamente, pois tinha pleno conhecimento dos termos e procedimentos, além do seu estado de sua saúde bucal já estar altamente deteriorado, visto que os dentes existentes estavam em estado calamitoso e sua gengiva se mostrava absolutamente comprometida”, escreveu o juiz.

VEJA TAMBÉM: Estas pessoas se arrependem amargamente de terem participado de reality shows.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais