Raul Gil fala sobre problema no coração e diz não ter medo de morrer

Redação - O Estado de S.Paulo

Aos 81 anos, o apresentador do SBT deu dicas de longevidade e refletiu sobre a vida: ‘Quando chegar o final, temos que aceitar’

Raul Gil.

Raul Gil. Foto: Reprodução/ SBT

Raul Gil falou na última terça-feira, 29, em entrevista ao TV Fama, da Rede TV!, sobre o seu quadro de arritmia cardíaca e o que pensa sobre a morte. Ele revelou que foi internado, em setembro deste ano, para tratar o problema e "rezou muito" para se recuperar.

"Arritmia é uma coisa que eu acho que 90% das pessoas têm e não sabem. Quando descobrem, tem que se cuidar. Eu fiz 20 e poucos exames e saíram todos maravilhosos, inclusive pela minha idade. Próstata, sangue, diabete, essas 'cosaiadas' todas", afirma.

"Deu uma arritmia, aí meu médico falou: 'você terá que ficar uma noite aqui no hospital para a gente dar um jeito nisso. Eu fiquei, mas eu rezei muito, pedi muito a Deus, porque não estava voltando ao normal. Pedi a noite inteira para essa arritmia sumir", recorda.

O apresentador do SBT conta que o médico iria lhe dar alta às 9 horas da manhã, mas foi liberado às oito horas e 22 minutos, quando tudo voltou ao normal. Ele diz também que não tem medo de morrer, mas sim de sofrer. "Todos nós temos um final, e quando chegar o final, temos que aceitar."

Raul Gil aproveitou a conversa para dar algumas dicas de como envelhecer com saúde e viver mais tempo. "O segredo da longevidade é não fazer muita zona, não beber, dormir bem, pelo menos oito horas por noite, não fumar e se dedicar também a Deus."