Rapper Young Thug é preso em Atlanta por suposto envolvimento com gangue

Julia Queiroz* - O Estado de S. Paulo

Músico e mais 27 pessoas foram indiciadas em investigação sobre violação de lei contra o crime organizado

O rapper Young Thug em show em Chicago, nos EUA, em 2021. Ele foi preso na cidade de Atlanta nesta segunda-feira, 9 de maio.

O rapper Young Thug em show em Chicago, nos EUA, em 2021. Ele foi preso na cidade de Atlanta nesta segunda-feira, 9 de maio. Foto: Amy Harris/Invision/AP

Young Thug foi preso na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos, nesta segunda-feira, 9. O rapper americano é acusado de estar envolvido com uma gangue criminosa e de violar a lei contra o crime organizado do estado da Georgia.

De acordo com o jornal The New York Times, ele foi indiciado em uma investigação junto de outras 27 pessoas, sendo algumas delas acusadas de crimes violentos, como homicídio e tentativa de roubo à mão armada.

Ainda segundo o veículo, Jeffery Williams, nome verdadeiro do rapper, foi preso em uma casa em Buckhead, bairro nobre de Atlanta. Em entrevista a um canal local, o advogado de defesa do músico negou as acusações.

Essa não é a primeira vez que o cantor é preso. Em 2019, ele foi detido em Los Angeles durante a sua própria festa de aniversário após policiais terem encontrado uma arma de fogo em seu carro. O rapper foi liberado depois de pagar fiança no valor de US$ 35 mil.

Young Thug é um dos grandes nomes do hip-hop atualmente. Ele já alcançou três vezes o topo da parada de álbuns da Billboard e tem parcerias de sucesso com artistas como Camila Cabello, Megan Thee Stallion e Drake.

 

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais