Rainha Elizabeth II adota cão de funcionário que morreu

Redação - O Estado de S. Paulo

Monarca já teve mais de 30 corgis e quebrou promessa de parar de adotar pets

Apaixonada por cães da raça corgi, rainha já esteve no Manitoba Corgi Club durante visita ao Canadá

Apaixonada por cães da raça corgi, rainha já esteve no Manitoba Corgi Club durante visita ao Canadá Foto: Adrian Wyld/Reuters

Dona de três cães, a rainha Elizabeth II adotou agora o seu quarto bichinho de estimação. Whisper, cachorro da raça corgi, foi acolhido pela líder britânica depois que seu dono, o guarda real Bill Fennick, morreu no início deste ano.

Segundo o tabloide The Sun, após a perda do dono, Whisper passou a ficar mais tempo com a rainha e ela se encantou pelo animal. O que não é muito surpreendente, já que Elizabeth teve mais de 30 cães da raça.

Com o novo cãozinho, a monarca quebrou uma promessa. Recentemente, ela havia anunciado que não traria mais nenhum pet para a família real, por medo de que eles fossem abandonados caso algo acontecesse com ela.

Fennick era um dos funcionários do Palácio de Sandringham e morreu aos 93 anos de idade. Whisper havia sido um presente da própria rainha ao funcionário e sua mulher, Nancy, que também faleceu há dois anos.

Veja também: Os melhores memes com o Príncipe George

Kay Nietfeld / Reuters
Ver Galeria 15

15 imagens