'Quando eu fui agredida, não tinha campanha', lembra Luana Piovani

Redação - O Estado de S.Paulo

'O agressor, 6 meses depois, ganhou um reality', disse a atriz sobre Dado Dolabella

Luana Piovani falou sobre violência que viveu com ex-namorado

Luana Piovani falou sobre violência que viveu com ex-namorado Foto: Instagram/@luapio

Em meio a repercussão do caso do DJ Ivis, que agrediu a esposa, Pamella Holanda, Luana Piovani relembrou da violência que também sofreu pelo então namorado Dado Dolabella, em 2008. 

Nas redes sociais, a atriz explicou que não recebeu muito apoio. Ela ainda ressaltou que, na época, o ator venceu o reality show A Fazenda, que conta com voto do público. 

"Fico feliz em ver as mulheres se unindo e denunciando pois, quando eu fui agredida, não tinha campanha e nem Instagram. O agressor, 6 meses depois, ganhou um reality e as mulheres diziam 'vem bater em mim'", escreveu nos stories. 

"As mulheres já me envergonharam e pioraram a minha situação imensamente. Suspiro aliviada em ver que uma mudança está acontecendo", concluiu.

Piovani e Dolabella eram noivos quando a atriz o denunciou após levar um tapa dele. Dado também empurrou a camareira Ismê de Souza na Boate 00, no Rio de Janeiro.

O ator foi processado por Luana, mas ela perdeu a causa. Quatro anos depois, a atriz entrou novamente com um processo, após ele desrespeitar o limite de 250 metros de distância dela.