Príncipe Harry diz que jogo Fortnite deveria ser banido no Reino Unido

Redação - O Estado de S.Paulo

Duque de Sussex acredita que o jogo seja violento e viciante

O príncipe Harry, agora Duque de Sussex.

O príncipe Harry, agora Duque de Sussex. Foto: Chris Jackson/REUTERS

Próximo de se tornar pai, príncipe Harry tem se engajado em pautas relacionadas a educação de crianças e adolescentes. Segundo o TMZ, o duque de Sussex compareceu a um evento na última quarta-feira, 3, e revelou que desaprova o jogo Fortnite, um dos mais populares do mundo.

“Um jogo como Fortnite, por exemplo pode não ser tão bom para as crianças. Os pais não sabem o que fazer sobre isso. É como esperar que o estrago seja feito. Esse jogo não deveria ser permitido”, disse na ocasião.

Ainda segundo o site, o duque teria dito que as redes sociais são mais viciantes do que drogas e álcool.

A declaração de Harry dividiu opiniões no Twitter. De um lado, pessoas concordavam com a posição do príncipe; de outro, repudiavam a fala.

“O príncipe Harry precisa entender que banir Fortnite é uma ideia absolutamente insana. Eu mesma não gosto do jogo e é sim viciante; no entanto, eu não vou pedir para que ele seja proibido. Chocolate também é viciante e não é saudável em larga escala mas ninguém pede para que seja banido”.

“Príncipe Harry está certo, Fortnite deveria ser banido”.

 

VEJA TAMBÉM: Relembre fotos do príncipe Harry com crianças

Chris Jackson / Pool via AP
Ver Galeria 10

10 imagens