Princesa japonesa renuncia ao status de realeza para poder se casar

Redação - O Estado de S.Paulo

Princesa Mako vai se casar com seu namorado de faculdade que não pertence à família real

Princesa será a 8ª pessoa no país a renunciar ao status da nobreza para se casar desde a 2ª Guerra Mundial

Princesa será a 8ª pessoa no país a renunciar ao status da nobreza para se casar desde a 2ª Guerra Mundial Foto: Yomoyuki Kaya/ EFE

O que você faria por amor? Uma princesa no Japão vai abrir mão do status de nobreza para poder se casar. A oficialização da decisão e o anúncio da data do casamento ocorrerão no próximo dia 3 de setembro.

A Princesa Mako de Akishino irá se casar com o advogado Kei Komuro, com quem estudou na Universidade Internacional Cristã de Tóquio e com quem namora há cinco anos. Ele não é da realeza, por isso a princesa tem de renunciar ao seu status.

De acordo com o governo japonês, Mako e Kei vão dar pronunciamento para a imprensa internacional para confirmar o casamento no próximo dia 3. Antes, será preciso que o imperador Akihito, avô de Mako, realize uma cerimônia de aprovação.

A princesa não poderia herdar o trono mesmo que não renunciasse ao status de realeza, uma vez que apenas homens podem herdar a coroa. Ela será a oitava pessoa a renunciar o status para se casar desde a 2ª Guerra Mundial.