Preta Gil fala sobre mostrar cabelos brancos: ‘transformação de valores’

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

A cantora comentou que contrair o novo coronavírus a levou a várias reflexões e mudanças de hábitos

Preta Gil

Preta Gil Foto: Instagram / @pretagil

A cantora Preta Gil publicou nesta quarta-feira, 1, uma foto em que aparece com alguns cabelos brancos. Ela comentou que o período atual, de pandemia do novo coronavírus, a fez refletir e mudar hábitos, como de esconder e pintar os fios grisalhos.

“Há 20 dias eu me desesperava caso deixasse alguns fios brancos aparecerem do meu cabelo, eu pintava religiosamente de 15 em 15 dias”, comentou a cantora. Segundo ela, após refletir, começou a gostar do cabelo branco, que simboliza um "amadurecimento". 

Para a cantora, os fios também representam uma “transformação de valores que o coronavírus causou, e está causando" nela.

Preta destacou que a mudança da forma como vê os cabelos faz parte de uma série de hábitos que estão sendo repensados por causa do coronavírus.

 

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

A cantora foi diagnosticada com o vírus no dia 14 de março, e anunciou que estava curada no dia 30 do mesmo mês. Preta comentou que teve dor no corpo, dor de cabeça, calafrio, sudorese, intestino solto, dor de ouvido e perda de apetite, olfato e paladar.

Ao anunciar o fim da doença, ela publicou uma foto com o marido, e falou sobre poder voltar a ter contato com ele: "Finalmente podemos ficar assim, grudadinhos, em casa, outra vez”. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Finalmente podemos ficar assim grudadinhos em casa outra vez!!! Muita gente me pergunta quais foram os meus sintomas do vírus, eu senti (dor no corpo, dor de cabeça, calafrio, sudorese, intestino solto, perda de apetite, olfato e paladar e dor de ouvido). EU NÃO TIVE FEBRE! Não existe um remédio pro vírus, então tomei remédio paliativo para esses sintomas. No período em que estive em isolamento, esses sintomas não são graves ao ponto de ter que ir para o hospital, mas são desesperadores se não tivermos calma e confiança de que vai passar, em alguns momentos eu me desesperei sim e quando via que um amigo que já tinha passado por isso tava melhor, eu me acalmava, quando eu rezava me acalmava, quando escutava meu filho cantando me acalmava, quando ele @rodrigogodoy_ dizia que tudo ia passar me olhando de longe me acalmava e quando ela @luapomsky também me olhava me acalmava!!! Hoje estou bem, os sintomas mais chatos já foram embora, meu paladar e olfato não voltaram totalmente e a dor de ouvido persiste, mas não posso e não quero reclamar, pois estou viva e quero dizer pra você que agora está sentindo o que senti, acalme seu coração, tenha fé em Deus que já já você vai estar bem!!! Tudo vai passar e digo também pra você que tem um amigo, um parente ou um vizinho doente, o isolamento é social, mas não afetivo, por isso demonstre carinho, cuidado, preocupação, ligue, faça uma comida e deixe na porta da casa, do prédio, do quarto, ligue, diga que ama, porque o isolamento de afeto esse é insuportável e o vírus do preconceito... esse é o pior de todos!!! Fiquem com Deus, se cuidem e já sabem: fiquem em casa quem puder ficar!!! #FICAEMCASA #NÃOESTAMOSDEFERIAS #venciocoronavirus

Uma publicação compartilhada por Preta Gil (@pretagil) em

VEJA TAMBÉM: Artistas e influenciadores diagnosticados com o novo coronavírus

Mario Anzuoni / Reuters
Ver Galeria 47

47 imagens

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais