Polícia de Paris detém roqueiro Pete Doherty por compra de drogas

Agências - Reuters e EFE

Vocalista conquistou sucesso nos anos 2000 com banda The Libertines

Pete Doherty durante show no Festival de Glastonburry, no Reino Unido.

Pete Doherty durante show no Festival de Glastonburry, no Reino Unido. Foto: REUTERS/Dylan Martinez

O roqueiro britânico Pete Doherty foi preso em Paris por comprar drogas, informou a Procuradoria-Geral da capital francesa nesta sexta-feira, 8.

Doherty, de 40 anos, conquistou sucesso como vocalista do The Libertines nos anos 2000 e ganhou a reputação de rebelde por causa das drogas e dos atritos com a polícia.

“Pete Doherty foi posto sob custódia de madrugada devido à aquisição de produtos narcóticos”, disse um porta-voz da Procuradoria de Paris, sem dar detalhes.

Doherty, ex-namorado da modelo Kate Moss, foi preso por causa de violações relacionadas a drogas em diversas ocasiões.

A mídia francesa disse que o ex-líder do Babyshambles foi detido durante uma suposta negociação de drogas em Pigalle, bairro do norte parisiense conhecido por seus bares de fim de noite. Um representante de Doherty não quis comentar.

Essa não é a primeira vez que o roqueiro se envolve em problemas com a polícia. No mês passado, ele perdeu a carteira de habilitação ao ser flagrado na Inglaterra guiando em excesso de velocidade.

Em 2006, o músico foi surpreendido pela polícia quando injetava drogas em uma jovem no meio da rua. Três anos mais tarde, ele foi detido por excesso de velocidade em Berlim, na Alemanha, após bater com o carro em outro veículo, em estado de embriaguez.