Personalidades lamentam morte de Anthony Bourdain nas redes sociais

Redação - O Estado de S.Paulo

O apresentador cometeu suicídio no hotel em que estava hospedado na França

Personalidades lamentaram a morte do chef e apresentador Anthony Bourdain nas redes sociais

Personalidades lamentaram a morte do chef e apresentador Anthony Bourdain nas redes sociais Foto: Alex Welsh/The New York Times

Gordon Ramsay, Jamie Oliver, Christine Teigen, Bryan Cranston e até mesmo o presidente Donald Trump lamentaram nas redes sociais a morte do chef e apresentador Anthony Bourdain. Conhecido por seu programa de viagens culinárias Sem Reservas, ele foi encontrado morto no quarto do hotel em que estava hospedado na França, onde gravava episódios da nova temporada do programa para a CNN. 

Segundo o canal de notícias norte-americano, a causa da morte foi suicídio.

Bourdain ficou conhecido no início da década de 2000 com o livro Cozinha Confidencial, quando contou bastidores da sua história de duas décadas trabalhando no mundo culinário de Nova York, incluindo jornadas de trabalho extenuantes e sua luta contra o vício em drogas.

Com o sucesso das suas histórias, Bourdain foi contratado para fazer programas culinários na televisão norte-americana. Em 2005, ele começou o programa Sem Reservas, em que viajava pelo mundo para descobrir a culinária local dos países. O programa passou pelo Brasil algumas vezes e era transmitido pelos canais pagos Discovery Home & Health e TLC.

Em 2013 ele levou seu programa para o canal de notícias CNN, onde estava na 11ª temporada. “Seu amor por uma grande aventura, novos amigos, boa comida e bebida, além de suas incríveis histórias sobre o mundo faziam dele um grande contador de histórias”, disse a CNN em comunicado obtido pela Reuters. “Seus talentos nunca deixavam de nos impressionar e vamos sentir muito a sua falta. Deixamos nossos sentimentos e orações para sua filha e família nesse momento difícil”, continuaram.

A atriz Asia Argento, namorada de Bourdain, postou texto no Instagram o homenageando. "Anthony deu tudo de si para tudo o que fazia. Seu espírito sem medo tocou e inspirou muitos e sua generosidade não conhecia barreiras. Ele era o meu amor, minha pedra, meu protetor. Estou devastada. Meus sentimentos para sua família. Peço que vocês respeitem a nossa privacidade", escreveu Argento.

Confira as manifestações das celebridades:

"'Cadeira de plástico, macarrão barato e delicioso, cerveja gelada de Hanói'. É dessa forma que vou me lembrar de Tony. Ele nos ensinou sobre comida - mas mais importante do que isso foi sua habilidade de nos juntar. De nos fazer ter um pouco menos de medo do desconhecido. Nós vamos sentir falta dele". 

"Pelo tempo e espaço, Anthony. Seu amor vai te encontrar novamente".

"Estou arrasada pela minha querida amiga Asia Argento". 

"Chocado e triste com a morte de Anthony Bourdain. Ele trouxe o mundo para dentro de nossas casas e inspirou muitas pessoas a explorar culturas e cidades atráves da sua comida".

"Tenho que dizer que estou absolutamente chocado ao ouvir que o incrível Anthony Bourdain morreu. Ele realmente quebrou os paradigmas, elevou a culinária e era um escritor brilhante. Ele deixa chefs e fãs pelo mundo com um buraco que não será substituído. Descance em paz, chef. Meus sentimentos para sua família e amigos próximos". 

"Anthony. Um dos meus ídolos. Sem frescuras, apaixonado e um dos melhores contadores de histórias do planeta. Obrigado por tornar a culinária tão emocionante. E sempre falar por tudo o que é bom. Horrível. Por quê? Fique em paz agora". 

"Presidente Trump sobre a morte de Anthony Bourdain: "Deus meus sinceros votos de condolências para sua família". 

"Vou sentir falta dele". 

"Outra perda arrasadora...você é e sempre será um dos meus ídolos, Anthony Bourdain. Ver seu show sempre me trouxe uma felicidade enorme. Meus sentimentos e orações para a sua família". 

"De acordo com a Fundação Americana para Prevenção do Suicídio, há quase 45 mil sucídios todos os anos nos Estados Unidos. Chocante. Eu fiquei triste de saber das mortes de Kate Spade e Anthony Bourdain. Descansem em paz. Isso mostra que mesmo sucesso não é imune à depressão. Nós todos precisamos prestar mais atenção nos nossos amigos que estão sofrendo com isso".

"Estou de coração partido por conta da morte de Tony Bourdain. Muito difícil para sua família e namorada. Vou sair do Twitter por algum tempo".

"Um pedaço do meu coração está partido nesta manhã. E a ironia, a triste e crual ironia que no último ano ele nunca esteve tão feliz. O resto do meu coração dói pelas três maravilhosas mulheres que ele deixou para trás. Tony era uma sinfonia. Queria que todo mundo o tivesse conhecido pelo menos uma vez. Um amigo de verdade".

"Sua sabedoria, seus insights, seu humor, sua compaixão, sua resistência firme contra aquilo que não era autêntico, o apóia para tudo aquilo que vinha do coração e o amor pela vida que ele compartilhou conosco...é díficl imaginar um mundo sem Anthony Bourdain". 

"Agora, Anthony Bourdain! Que terrível! Por favor, nos deixem tratar doenças mentais, depressão e suicídio como doenças e não defeitos de caráter. O estigma em volta disso é o que deixa as pessoas de procurarem ajuda".

"Eu adorava como Anthony Bourdain tentava mostrar para os telespectadores como pessoas que não se pareciam nada conosco eram iguais a nós. Ele via a humanidade com curiosidade, compaixão, humildade e humor. É um dia triste".

"Muito triste saber da morte de Anthony Bourdain por suicídio. Ele era um homem incrivelmente carismático e inspirador. Você nunca sabe quem está sofrendo ou qual batalha interna essa pessoa está lutando. A importância de estar presente para ouvir e falar não é pequena". 

"Anthony Bourdain era uma inspiração para mim. Espírito aventureiro...alma sábia...fui esfaqueado pela tristeza porque ele se foi e também pela dor que ele deveria estar sentindo".

"F*oda-se suicídio. Essa notícia do Anthony Bourdain me abalou. Estou muito triste. Minhas condolências para sua filha".

"Wow. Anthony Bourdain. Muito triste e chocante".

 

Vai um inspirador de sabores, aromas, momentos. Vai em paz!!

Uma publicação compartilhada por Jun Sakamoto (@ljunsakamoto) em

Para quem busca ajuda, além de psicólogos e psiquiatras, o Centro de Valorização da Vida (CVV) oferece apoio online no site http://www.cvv.org.br, pelo telefone 141 ou 188 (dependendo do Estado), via Skype (acesso pelo site), ou e-mail (mensagem enviada também pelo site). Em todos os canais, o atendimento é feito por voluntários treinados e a conversa é anônima, com sigilo completo sobre tudo que for dito.