Padre Fábio de Melo reclama do preço do álcool em gel: ‘Miséria moral’

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

O religioso usou as redes sociais para apontar abuso no valor do produto comercializado no Brasil durante pandemia de coronavírus

Padre Fábio de Melo

Padre Fábio de Melo Foto: Iara Morselli / Estadão

Com o álcool em gel em falta nas principais casas do ramo, o preço do produto alcança valores no mínimo ‘salgados’ para os consumidores que pretendem se proteger do coronavírus. E isso foi identificado pelo padre Fábio de Melo.

O religioso usou as redes sociais nesta quarta-feira, 18, para reclamar sobre o assunto.

“Enquanto em outros lugares do mundo os comerciantes baratearam o preço do álcool em gel, para facilitar na prevenção, no Brasil acontece o contrário. O preço aumentou 400%. A nossa miséria moral, com seu alto poder destruidor, antecede o vírus”, escreveu no perfil oficial no Instagram.

A publicação foi comentada por seguidores como Gabriel Chalita: “É o tal do egoísmo diminuindo as pessoas. Diminuídas, elas se tornam coisas das coisas. Deixo de ser dono do dinheiro e permitido que seja ele o meu dono. Tristes vidas sem vida”, avaliou.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por pefabiodemelo (@pefabiodemelo) em