Overdose de Demi Lovato foi causada por mistura de opioides, diz site

Redação - O Estado de S.Paulo

Opioides são consumidos de forma abusiva nos Estados Unidos e já mataram artistas como Prince

Demi Lovato sofreu overdose dia 24 de julho.

Demi Lovato sofreu overdose dia 24 de julho. Foto: Instagram / @ddlovato

Semanas após a overdose de Demi Lovato, informações do site TMZ apontam que o episódio foi causado por uma mistura entre duas drogas potentes: oxicodona e fentanil.

De acordo com a publicação, a cantora saiu de uma festa em West Hollywood e contatou um traficante, com quem se encontrou em sua própria casa. O criminoso é muito conhecido por vender drogas adulteradas provenientes do México, o que fez fontes suspeitarem de que a oxicodona estaria misturada com fentanil. Este analgésico potente já causou a morte do cantor Prince em abril de 2016.

Demi Lovato sofreu uma overdose dia 24 de julho. Após duas semanas no hospital, a cantora foi transferida para a reabilitação.