Obama não se importa que as filhas levem os 'crushes' para a Casa Branca

- O Estado de S.Paulo

Presidente norte-americano fica tranquilo porque ele e Michelle sempre foram bons exemplos

.

. Foto: Pete Souza/ Foto oficial da Casa Branca

Quem nunca teve aquele leve receio de levar o crush para casa e encontrar os pais? Acontece até com as filhas do presidente norte-americano, Barack Obama. Malia, de 18 anos, e Sasha, de 15, já levaram meninos para a Casa Branca, mas o pai encara com naturalidade. 

Em entrevista à uma rádio da Carolina do Norte, na última sexta-feira, 4, Obama disse que já aconteceu e ele ficou relaxado. "A verdade é que eu fico muito relaxado por duas razões. Uma delas é Michelle. Ela ensinou - ela é um grande exemplo de como ela se impõe, de auto-estima, sem depender de meninos para validarem como está sua aparência ou essas coisas, sem deixar que te julguem por alguma coisa além do seu caráter e da sua inteligência", disse o presidente dos Estados Unidos. 

Obama também disse que espera ter sido um bom exemplo em relação ao respeito que mostrou à sua esposa. "Não me preocupo com isso porque ela são meninas inteligentes", afirmou. 

A outra razão para que ele fique tranquilo é o Serviço Secreto norte-americano. Obama brincou que os meninos que vão à Casa Branca com suas filhas não têm ideia do que os agentes da CIA podem fazer.