Nego do Borel é criticado por beijar homem em novo clipe; entenda

Redação - O Estado de S.Paulo

Internautas acusam cantor de 'oportunismo' com a causa LGBT

Cena de 'Me Solta', clipe de Nego do Borel

Cena de 'Me Solta', clipe de Nego do Borel Foto: YouTube / @Canal KondZilla

Atualizada às 18h27 de 10 de julho de 2017.

O cantor Nego do Borel está sendo criticado por conta de seu novo clipe, Me Solta, lançado na segunda-feira, 9. No vídeo, Nego aparece utilizando salto alto e bolsa, além de trejeitos afeminados. Em determinado momento, ele chega a beijar um outro homem.

Diversos internautas, porém, criticaram a atitude do cantor, acusando-o de ter sido 'oportunista' com a comunidade LGBT sem fazer parte dela. 

"Não me sinto representado numa imagem distorcida de gay caricato. Entretenimento para hétero achar graça, me poupe", comentou um usuário. "Nesse clipe ele só fez o que a maioria dos homofóbicos adora fazer com os gays: chacota", criticou outro.

Alguns chegaram a defendê-lo, pedindo que seja deixado "em paz". Leo Dias, apresentador do Fofocalizando, foi um dos que defendeu o funkeiro.

"Parabéns pela audácia. Tem que ser muito macho para beijar na boca de um homem. [...] Clipe f***, música f***, você fugiu do óbvio, parabéns. Tá voltando às origens, gostei dessa batida rápida", postou em seu Instagram.

E+ entrou em contato com a assessoria de Nego do Borel, que enviou o seguinte pronunciamento por parte do cantor:

"Eu não apoio o Bolsonaro. Esta foto foi tirada num jantar que eu estava também, a pedido do filho dele. Não costumo negar tirar fotos com ninguém.

Quando eu decidi fazer esse clipe sabia que poderia ser algo polêmico, mas fui em frente. A Nega da Borelli é uma personagem que, pra mim, representa a liberdade de ser quem eu sou. Recebi muitos elogios pelo clipe e tenho acompanhado as críticas de perto porque acho que eu e todo mundo temos muita ainda a aprender com esse tema."

Confira abaixo o clipe e algumas reações dos internautas:

Polêmicas. No passado, o cantor se envolveu em outras polêmicas. Em 2015, sua ex-namorada e ex-assessora, Swellen Sauer, afirmou ao Extra: "Ele tentou me enforcar com o carregador de celular. Não foi nada grave, mas ficava com medo". Posteriormente, também foi acusado de ter agredido sua então namorada, Crislaine Gonçalves, de acordo com o site Ego, o que negou.

o mesmo ano, o cantor também chamou atenção ao descer do palco para brigar com um homem que o xingava na plateia