Nathalia Arcuri deixa RedeTV! após homofobia de Sikêra Jr.: 'Discurso criminoso'

Bárbara Correa* - O Estado de S.Paulo

Em entrevista ao 'Estadão', apresentadora disse que rompeu contrato por omissão da emissora: 'Se você não faz nada, já fez alguma coisa'

Nathalia Arcuri apresentava o programa 'Me Poupe' na RedeTV!

Nathalia Arcuri apresentava o programa 'Me Poupe' na RedeTV! Foto: Divulgação

Nathalia Arcuri cancelou seu contrato com a RedeTV! nesta quarta-feira, 7. A apresentadora do programa Me Poupe pediu demissão por discordar da omissão da emissora em relação às falas homofóbicas de Sikêra Jr.

No dia 25 de junho, o comunicador chamou os homossexuais de "raça desgraçada" ao vivo, durante o Alerta Nacional. Essa e outras ofensas repercutidas por Sikêra foram alvo de ação judicial do MPF, que pede uma idenização de R$ 10 milhões e retratação do apresentador.

Em nota, o canal confirmou o desligamento da jornalista e informou que o último episódio da atração comandada por ela será exibido na terça-feira, 20. "A RedeTV! confirma a saída de Nathalia Arcuri. A emissora agradece o profissionalismo e empenho dela e deseja sucesso em sua jornada".

Em entrevista ao Estadão, Nathalia deu mais detalhes sobre a decisão de romper o contrato. "A inteção da parceira com a RedeTV! sempre foi chegar em mais pessoas que eu não alcançaria nas mídias digitais e a emissora sempre deixou o caminho aberto. O programa realmente era meu e eu fazia como queria", iniciou. 

"Mas, a gente sabe que quando você está em uma grade de programação, acaba respondendo pelo que acontece dentro dela. Aquelas declarações são mais do que infelizes, são ofensivas. E a postura da RedeTV! de manter o apresentador...para mim, se você não faz nada, você já fez alguma coisa. Percebi que era insustentável continuar ali, porque feriram valores importantes para mim: de liberdade, individualidade, respeito, transparência e autoresponsabilidade", disse. 

 

Como foi esse desligamento?

O canal estava super feliz com o programa, que faturava. Respeitaram a minha saída, mas eles não concordaram. Só que no momento que falam: 'Não posso tirar o cara do ar por questões contratuais', já estavam se posicionado. É um desalinhamento de crenças. 

Esse não é o único programa da casa que tem declarações machistas, fora da realidade, que defendem coisas que eu também não acredito (...) Pensando com a cabeça deles, deve ser muito bom ter esse tipo de mídia, eles não estão se preocupando. Uma pessoa que fala uma atrocidade daquela você acha que vai ficar preocupada com a Nathalia que rompeu o contrato?

 

Qual é sua opinião sobre o discurso do apresentador?

Em muitas emissoras, não só a RedeTV!, você vai encontrar discursos que tendem mais para um lado ou para o outro. Aqui teve um discurso criminoso. Afinal, homofobia é crime. Então ele foge dos limites. Mas, o que eu mais gostaria de deixar [claro] para todo mundo é que essa decisão reforça algo que eu sempre ensino: a importância da independência financeira.

 O mais importante é o que isso deixa de exemplo para as pessoas? Porque elas acham isso tão corajoso? A educação financeira me deixa livre para tomar essa decisão. Se todo mundo tivesse um porto seguro, poderia romper com o que não acredita e ir embora. Isso fez minha equipe e eu refletirmos ainda mais naquilo que acreditamos. Essa repercussão fez a gente perceber que as pessoas estão carentes de valores. Esse é o grande aprendizado: que a gente exponha mais aquilo que acredita.

 

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais