'Não estamos nos sentindo vítimas', diz Paulo Gustavo após perda de filhos

Redação - O Estado de S.Paulo

Anúncio de morte de bebês depois de nascimento prematuro foi feito no domingo, 17

Paulo Gustavo e Thales Bretas haviam planejado o nascimento de Gael e Flora nos Estados Unidos

Paulo Gustavo e Thales Bretas haviam planejado o nascimento de Gael e Flora nos Estados Unidos Foto: instagram/ @paulogustavo31

O comediante Paulo Gustavo voltou a comentar a morte de seus filhos com o marido Thales Bretas. O casal esperava dois bebês, que estavam sendo gerados em barriga de aluguel, mas acabaram morrendo depois de um nascimento prematuro.

Em seus stories, no Instagram, ele agradeceu as palavras dos amigos e dos fãs. "A gente não está mal. Ficamos tristes, mas isso é comum, acontece com milhares de pessoas". Paulo Gustavo comentou que várias amigas disseram já ter perdido duas e até três vezes filhos. 

"Isso é uma decisão que vem de força maior. Deus sabe o que faz, e a gente obedece".  Ele confirmou que o casal recomeçará todo o processo em 2018. "A gente é jovem, cheio de saúde, muita vida pela frente". "Ficamos cada vez mais fortes, e temos fé que ano que vem vai dar certo".

O comediante dedicou um comunicado especial aos fãs de Uberlândia e Belo Horizonte, onde fez show mas não comentou sobre o caso. "Isso aconteceu há uma semana, mas não falei nada porque queria encerrar bem a turnê e fazer um bom espetáculo para vocês".