Nanda Costa e Lan Lahn sofrem ataques homofóbicos após anunciarem que serão mães de gêmeas

Redação - O Estado de S.Paulo

Na véspera do Dia do Orgulho LGBTQIA+, casal fez revelação durante 'Fantástico'

A atriz Nanda Costa e a mulher Lan Lahn, que anunciaram que serão mães de gêmeas

A atriz Nanda Costa e a mulher Lan Lahn, que anunciaram que serão mães de gêmeas Foto: TV Globo

No Dia do Orgulho LGBTQIA+, 28 de junho, Nanda Costa e Lan Lahn sofrem ataques homofóbicos nas redes sociais. Isso porque a atriz e a percusionista anunciaram, em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, que estão grávidas e gêmeas. 

Nanda está no quinto mês de gestação de duas meninas. "Acho que a pandemia ajudou e, agora que a barriga está enorme e a gente ainda estava escondendo, eu botava uma roupa larga e uns casacos por cima. Nem o porteiro sabe", se divertiu a atriz em entrevista para a jornalista Renata Ceribelli. 

Lan também comemorou: "A notícia de duas crianças está sendo tão boa de dar para a família. Dá esperança". A artista também apresentou a versão da música Duas Mães, inspirada na relação com Nanda e a chegada das filhas. "A gente guardou a música para quando a gente pudesse contar para todo mundo", afirmou.

Assista ao vídeo:

 

 

As publicações de Nanda e Lan nas redes sociais receberam milhares de comentários positivos e desejando felicidades ao casal. A atriz Emanuelle Araújo, que será madrinha de uma das gêmeas, também comemorou a notícia. Mas alguns internautas se posicionaram de maneira homofóbica sobre a gravidez. Comentários como "só sei que os 'bixinhos' veio do homem (sic)", "quem engravidou foi homem" ou "o mundo tá de cabeça pra baixo mesmo" foram registrados.