‘Mulheres dominaram a música neste ano’, rebate Pink! ao presidente do Grammy

Redação - O Estado de S.Paulo

Neil Portnow disse que as mulheres da música precisam se configurar e se definir

A cantora Pink!.

A cantora Pink!. Foto: Jason Szenes/EFE

A cantora Pink! rebateu o presidente do Grammy Neil Portnows, que afirmou que mulheres precisam se configurar e definir. A afirmação foi feita durante a cerimônia do 60º Grammy Awards, criticado por indicar uma maioria de mulheres, mas premiar quase nenhuma. 

Em seu Twitter, Pink! publicou uma carta escrita à mão. Ela rebateu o termo “set up” (configurar e definir, em tradução livre). “As mulheres na música não precisam se ‘definir’  - mulheres têm feito isso desde o início dos tempos. Elas dominaram a música neste ano e em todos os anteriores”.

“Quando celebramos e honramos o talento e realizações das mulheres contra todas as desigualdades, mostramos para as próximas gerações de mulheres, garotas, homens e meninos o que significa a igualdade, e o que significa ser justo", continuou a cantora.