Mulher de Shaolin presta homenagem no aniversário de morte do marido

Redação - O Estado de S.Paulo

O comediante morreu em janeiro de 2016 após passar cinco anos acamado

Laudiceia Veloso e Shaolin foram casados por 21 anos

Laudiceia Veloso e Shaolin foram casados por 21 anos Foto: Instagram / @laudiceia_veloso

Laudiceia Veloso, a viúva de Shaolin, prestou homenagem ao marido nas redes sociais. Neste domingo, 14, completaram-se dois anos da morte do humorista e na próxima quinta-feira, 18, terão se passado sete anos do acidente que o deixou acamado por cinco anos.

Laudiceia e Francisco, nome verdadeiro de Shaolin, foram casados por 21 anos. “‘Até breve’ significa que sempre estaremos juntos, mesmo que não nos vejamos, falemos ou toquemos fisicamente, mas juntos no pensamento, na oração e no coração”, escreveu Laudiceia em seu Instagram.

Ela também agradeceu pelos filhos que teve com o humorista: Lucas e Gabriela Veloso. O jovem é ator e atualmente compõe o elenco do humorístico Os Trapalhões, da Globo.

“Hoje não é um dia de tristeza, é só mais um dia em que recordaremos muitas alegrias, muitos shows e muitas histórias sobre a nossa vida e histórias sobre tantos amigos que nos acompanharam durante a sua passagem neste mundo. Então... ‘Sorria, Shaolin é só alegria!’”, finalizou.

Shaolin sofreu um acidente de carro em Campina Grande, na Paraíba, em 2011. Deu entrada no hospital com traumatismo craniano e, após passar por cirurgias, ficou internado por cinco meses. Teve alta e ficou de cama por cinco anos. Ao longo desse período, recuperou o movimento da face.

Sua morte se deu em janeiro de 2016. Confira a homenagem de Laudiceia:

 

Há 02 anos vi nos seus olhos a serenidade de quem já havia cumprido a missão que lhe foi delegada aqui na Terra. Vi o amor que nos manteve juntos por 21 anos e com este amor, vi um ‘até breve’. ‘Até breve’ nem sempre significa que o reencontro acontecerá em poucos anos, meses, dias ou horas... ‘Até breve’ significa que sempre estaremos juntos, mesmo que não nos vejamos, falemos ou toquemos fisicamente, mas juntos no pensamento, na oração e no coração. Agradeço à Deus pelos filhos que temos, pela família linda que formamos e por todos os momentos que partilhamos lado a lado, durante 21 anos. Foram de muito aprendizado e amor. Agradeço também, ao Criador, o carinho em lhe trazer aos meus sonhos sempre que a dona Saudade me visita. Especialistas dizem que levamos 02 anos pra esquecer alguém, mas tenho certeza de que esta teoria não se aplica ao amor de verdade; porque este tipo de amor, vai além do tempo e além da vida. E a dona Saudade? Ah, a dona Saudade agora é minha companheira... Durante muitos momentos nos reunimos e relembramos inúmeras coisas boas.... Ela sempre vem trazendo nossos amigos para relembrar os sorrisos provocados por você em tantas e tantas situações. São tantas histórias... Tantas lembranças... A senhora Tristeza? Bem... ela não aparece mais. Na verdade ela ficou durante muito tempo, mas se retirou na medida em que me via aprendendo a conviver com a dona Saudade. Tenho certeza de que onde estiveres, estás feliz em ver os nossos frutos crescendo, cada um na sua área e nos dando tanto orgulho. Hoje não é um dia de tristeza, é só mais um dia em que recordaremos muitas alegrias, muitos shows e muitas histórias sobre a nossa vida e histórias sobre tantos amigos que nos acompanharam durante a sua passagem neste mundo. Então... ‘Sorria, Shaolin é só alegria!!’ ❤️ #Shaolin ❤️#AmorAlémDaVida ❤️ #02anosDeSaudade ❤️#SaudadeSemTristeza ❤️

Uma publicação compartilhada por Laudiceia Veloso (@laudiceia_veloso) em