Morre aos 70 anos o cantor e compositor Jerry Adriani

- O Estado de S.Paulo

Ídolo da Jovem Guarda nos anos 1960, o artista estava internado no Rio para tratar um câncer

Jerry Adriani em apresentação na 'Virada Cultural', em 2015

Jerry Adriani em apresentação na 'Virada Cultural', em 2015 Foto: Sergio Castro/Estadão

Jerry Adriani, ídolo de Jovem Guarda na década de 1960, morreu aos 70 anos neste domingo, 23. Ele estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, para tratar um câncer. No início de março, o cantor e compositor já havia sido hospitalizado após sofrer uma trombose venose profunda em uma das pernas.

Paulistano do Brás, Jerry iniciou a carreira em 1964, cantando canções em italiano. Além da música, o artista se dedicou ao cinema e à televisão, onde apresentou programas como 'Excelsior a Go Go' e 'A Grande Parada'. Em 2014, completou 50 anos de carreira e, desde então, seguia em turnê pelo País.