Michelle Williams revela que teve depressão quando cantava no Destiny's Child

Redação - O Estado de S.Paulo

'Quando eu falei sobre isso para nosso empresário, ele falou: 'Que motivo você tem para ficar depressiva?' Então pensei que só estava cansada'

Michelle Williams foi uma das integrantes do Destiny's Child, grupo formado no início dos anos 1990 que ficou em atividade até 2006.

Michelle Williams foi uma das integrantes do Destiny's Child, grupo formado no início dos anos 1990 que ficou em atividade até 2006. Foto: REUTERS/Fred Prouser

Na última quarta-feira, 18, Michelle Williams, ex-integrante do Destiny's Child, foi convidada do programa The Talk, da CBS. Durante a entrevista, a artista revelou que teve depressão na adolescência, enquanto cantava no grupo.

"Inicialmente, eu pensei que era um sofrimento normal do crescimento, eu pensava: 'estou virando uma mulher'. Eu sofri muito entre entre meus 13 e 15 anos. Naquela época, eu não sabia como isso se chamava", falou Michelle.

Seu sofrimento era ainda mais incompreendido porque ela estava em um grupo de sucesso e não tinha do que reclamar. "Eu, em um dos grupos femininos de maior venda de todos os tempos, sofrendo de depressão. Quando eu falei sobre isso para o nosso empresário na época, ele falou: 'Vocês acabaram de assinar um acordo multimilionário e vão entrar em turnê. Que raios de motivo você tem para ficar depressiva?' Então eu pensei que só estava cansada", disse.

A depressão ficou tão séria que ela chegou ao ponto de "pensar em se suicidar", por se considerar um "peso" para as outras pessoas. "Eu fiquei em um momento tão escuro e pesado porque, às vezes, você pensa: 'Eu sou a provedora, eu cuido das pessoas. Eu não deveria estar me sentindo assim. O que eu faço?'. E eu queria sair daquilo", relembra.

Felizmente, Michelle garante que ela superou a depressão. "Acabou, é passado, estou livre", disse a cantora.

 

RELEMBRE: Artistas que já falaram abertamente sobre saúde mental