Michael Bublé se emociona ao falar de tratamento do filho, que lutou contra câncer aos três anos

Redação - O Estado de S.Paulo

'O que passamos foi a pior coisa que poderíamos passar como pais’, declarou o cantor

O cantor Michael Buble e a família.

O cantor Michael Buble e a família. Foto: Instagram/@michaelbuble

Michael Bublé abriu o coração durante entrevista para o programa australiano Today Show. O cantor, conhecido por suas baladas românticas, relatou o sofrimento que ele e a família passaram quando souberam do diagnóstico de câncer do filho mais velho, Noah, quando tinha apenas três anos de idade.

“Houve um momento que eu desejei não acordar”, disse Bublé. O músico pensou que não teria forças para continuar nos palcos: “Eu achei que nunca voltaria a cantar. Parecia sem importância, comparado ao que eu estava passando com Noah”. 

Michael Bublé é casado com Luisana Lopilato e se emociona quando se recorda da luta pela qual a família passou. “Foi horrível. Ainda é. O que nós passamos foi a pior coisa que podíamos passar como pais, e talvez até como seres humanos. Eu preferia que tivesse sido comigo. Muitas vezes preferia que tivesse sido comigo”, desabafou.

O cantor sempre demonstra o afeto que sente pela família, no perfil oficial dele no Instagram.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Feliz día de la madre !! Happy Mother's Day @luisanalopilato !! #myhero #bestmommy #bestfriend

Uma publicação compartilhada por Michael Bublé (@michaelbuble) em

Hoje, Noah está com cinco anos de idade e recuperado do tratamento contra o câncer. Michael Bublé afirma que a vida ganhou novo significado. “Agora que Noah está bem, a comida nunca foi tão gostosa, a música nunca foi tão boa, meu relacionamento com a minha família, a minha fé...tudo. Minha esposa e eu estamos felizes”.