'Me sinto injustiçada', desabafa afastada da Gaviões após briga

Redação - O Estado de S.Paulo

Renatta Teruel trocou empurrões com Tati Minerato em ensaio, o que gerou sua expulsão do carnaval 2018

Renatta Teruel

Renatta Teruel Foto: Instagram / @reteruel

Renatta Teruel, que era imperatriz da escola de samba Gaviões da Fiel para o carnaval deste ano, falou a respeito de seu afastamento do desfile após troca de empurrões e xingamentos com a então rainha da escola, Tati Minerato (assista ao momento aqui).

"Entendo, respeito e aceito a decisão da escola, mas me sinto injustiçada. Eu fui agredida primeiro. Errei em ter me defendido depois de ter tomado um empurrão? Eu acho que não", disse em entrevista ao TV Fama, da RedeTV!

"Meu sentimento hoje é de tristeza por não estar mais na escola, mas também é de alívio, porque isso já tinha acontecido outras vezes", complementou.

Ela também fez questão de acusar sua desafeta por meio de postagens no Instagram e de entrevistas: "Ela vinha sempre com xingamentos e palavras de baixo calão. O tempo todo. Tanto é que nos vídeos dá para escutar alguns."