Maurício Manieri recebe alta de hospital após sofrer enfarte

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Cantor ficou internado durante cinco dias e precisou ser submetido a um cateterismo, mas já se recuperou

Após receber alta, o cantor Maurício Manieri publicou um vídeo em que aparece junto com a equipe do hospital que o atendeu

Após receber alta, o cantor Maurício Manieri publicou um vídeo em que aparece junto com a equipe do hospital que o atendeu Foto: Instagram / @mauriciomanieri

O cantor Maurício Manieri recebeu alta nesta quarta-feira, 16, do hospital em que estava internado desde a última sexta-feira, 11, depois de sofrer um enfarte. O artista ficou cinco dias no local, e precisou ser submetido a um cateterismo devido à sua condição.

De acordo com informações divulgadas pela assessoria do cantor, Maurício sentiu fortes dores no peito e falta de ar depois de ter realizado uma live no dia 11, e precisou ir para o hospital. Ele estava internado no Hospital São Luiz, em São Caetano, no ABC Paulista.

No mesmo dia em que recebeu alta, Maurício publicou um vídeo em que aparece em uma cadeira de rodas junto com a equipe do hospital que o atendeu. “Hoje é um dia muito especial, estou tendo alta do hospital depois de passar um dos momentos mais difíceis da minha vida”, disse o cantor.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Um dia mto especial em nossas vidas , o Mau acabou de ter alta! Obrigada Deus por essa graça e a todos que oraram por ele ... Iza

Uma publicação compartilhada por Mauricio Manieri (@mauriciomanieri) em

Maurício foi submetido a exames que identificaram uma obstrução em duas artérias coronárias, que levam sangue para o coração. A obstrução foi removida na segunda-feira, 14, com a realização do cateterismo.

Após o procedimento, o cantor passou alguns dias em observação e foi liberado após ter uma melhora do seu estado de saúde. Ele já está em casa com a família. Ainda no vídeo, Maurício agradeceu à equipe do hospital e aos fãs pelas mensagens, e disse que “em breve” voltará a cantar, de “coração novo”.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais