Marido encontra aliança de casamento após 52 anos

Redação - O Estado de S.Paulo

Stokoe havia perdido o anel durante partida de críquete em março de 1966

Aliança foi encontrada após 52 anos.

Aliança foi encontrada após 52 anos. Foto: Pixabay / @geralt

Eddie Stokoe estava casado há apenas seis meses quando perdeu sua aliança de casamento durante uma partida de críquete em um clube de Consett, na Inglaterra, em março de 1966. Após 52 anos sem qualquer pista de onde o anel poderia estar, ele foi surpreendido.

De acordo com informações do DailyMailKaren Gohery passeava com seu cachorro próximo ao local quando escorregou em um poça de lama e deslocou o anel de seu esconderijo. A aliança, enfim, havia aparecido. O irmão de Stokoe, Billy, encontrou Karen e ela lhe contou do anel, que estava gravada com o nome de Eddie, e ele confirmou que era de seu irmão.

Stokoe chorou de alegria quando finalmente encontrou o anel e explicou como havia perdido o objeto: “Nós tivemos que tirar nossas joias antes de entrar no campo e, quando finalizamos, eu percebi que havia sumido. Procurei em todos os lugares mas não consegui achar”.

O senhor de 73 anos conta que já havia perdido as esperanças de um dia reencontrar o anel e que nunca aceitou um novo de sua esposa Jean: “Toda vez que alguma data comemorativa chegava, Jean oferecia para comprar um novo, mas o original é absolutamente insubstituível”. Quando Stokoe mostrou o anel recuperado para sua esposa, ela também chorou com tamanha felicidade.

Apesar de a aliança não servir mais em seu dedo anelar, ele usa no dedo mindinho com muito orgulho: “Agora que eu a tenho, nunca mais vou tirar e correr o risco de perdê-la de novo”.