Mariana Weickert dá à luz após ser diagnosticada com covid-19 na reta final da gravidez

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

Felipe, filho da apresentadora com Arthur Ferraz, nasceu de parto natural 

Depois de testar positivo para covid-19, Mariana Weickert dá à luz Felipe

Depois de testar positivo para covid-19, Mariana Weickert dá à luz Felipe Foto: Instagram / @marianaweickert

Mariana Weickert deu à luz Felipe na noite desta sexta-feira, 26, por volta das 19h, em um parto natural. A apresentadora testou positivo para covid-19 há cerca de uma semana. 

“Num parto lindo, rápido e normal, meu menino veio ao mundo! Não quis esperar dias melhores, momento mais oportuno, negativar o vírus da família ou qualquer coisa assim. Simplesmente chegou!! Boa, meu filho, gostamos de emoções”, escreveu Mariana no perfil dela no Instagram.

Na série de fotos, o marido aparece paramentado com EPI ao lado de Mariana durante a primeira amamentação do pequeno Felipe. 

A apresentadora contou como foi a experiência com o diagnóstico do novo coronavírus. “Viemos ao hospital pra “forçar uma barra” e testar o covid esperando um resultado negativo mesmo sabendo ser praticamente impossível em apenas nove dias pós o primeiro diagnóstico. Como já estávamos no hospital, e a noite anterior com bastante contrações, achamos melhor fazermos o cardiotoco (exame de rotina nesse final). Quando o plantonista, finalmente, nos examinou já estávamos com cinco (dedos) de dilatação. Resultado: ‘Vocês não vão mais embora’. Como assim? Não trouxe nada, não avisei a Tetê, não me preparei. Afinal, estavamos só tentando buscar um exame negativo dessa loucura toda pra que o nosso bebê chegasse no ambiente mais seguro possível. Não deu tempo! E no dia exato em que Felipe completava 39 semanas dentro de mim, resolveu nascer. Lindo! Forte! No seu momento! Foi emocionante”, declarou.

Mariana conta que tudo aconteceu muito rapidamente e que “poderia ter sido uma daquelas histórias de filmes em que o bebê teria nascido em casa ou no caminho da maternidade”. 

A apresentadora concluiu a publicação agradecendo a equipe e ao marido e deu um recado ao pequenino: “Bem-vindo pra transformar e completar o meu mundo, Felipe. Te amamos infinito desde sempre!”. Além de Felipe, Mariana Weickert tem Theresa, também fruto do relacionamento com Arthur Ferraz.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E ontem, dia 26/06/20, às 19:19h, num parto lindo, rápido e normal meu menino veio ao mundo! Não quis esperar dias melhores, momento mais oportuno, negativar o vírus da família ou qualquer coisa assim. Simplesmente chegou!! Boa, meu filho, gostamos de emoções. Viemos ao hospital pra “forçar uma barra” e testar o COVID esperando um resultado negativo mesmo sabendo ser praticamente impossível em apenas 9 dias pós o primeiro diagnóstico. Como já estávamos no hospital, e a noite anterior com bastante contrações, achamos melhor fazermos o cardiotoco (exame de rotina nesse final). Quando o plantonista, finalmente, nos examinou já estávamos com 5 de dilatação. Resultado; vcs não vão mais embora. Como assim? Não trouxe nada, não avisei a Tetê, não me preparei. Afinal, estavamos só tentando buscar um exame negativo dessa loucura toda pra que o nosso bebê chegasse no ambiente mais seguro possível. Não deu tempo!! E no dia exato em que Felipe completava 39 semanas dentro de mim, resolveu nascer. Lindo! Forte! No seu momento! Foi emocionante! Poderia ter sido uma daquelas histórias de filmes em que o bebê teria nascido em casa ou no caminho da maternidade. Tudo aconteceu muito rápido! E mesmo cheios de medos e inseguranças pelas circunstâncias, nosso médico @dr.renatokalil e equipe encheram a gente de amor e certezas de que esse menininho chegou na hora certa, no momento certo e que o mundo sem ele estava totalmente incompleto. Maktub! Bem vindo pra transformar e COMPLETAR o meu mundo, Felipe. Te amamos infinito desde sempre! ❤️ @arthur.f.f @hannarocha #albumdoFil #felipewf

Uma publicação compartilhada por Mariana Weickert ️➕ (@mariweickert) em

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus