Marcos Mion se emociona com apresentação musical do filho: 'Autismo não é incapacidade'

Redação - O Estado de S.Paulo

Apresentador de 'A Fazenda' demonstrou seu amor por Romeo e deu dica a pais de pessoas com autismo; assista

O apresentador Marcos Mion e o filho Romeo.

O apresentador Marcos Mion e o filho Romeo. Foto: Instagram/@marcosmion

Marcos Mion se emocionou no domingo, 1º, ao ver o filho Romeo se apresentando num palco pela primeira vez. O adolescente de 14 anos, que é autista, dançou ao som de Singing in the Rain e fez o apresentador de A Fazenda refletir sobre sua relação de afeto com o rapaz.

Em um vídeo de quase seis minutos publicado no Instagram, Mion aparece arrumando a gravata de Romeo e apoiando o primogênito minutos antes de ele performar.

"Quando Romeo era pequeno, durante as apresentações da escola, eu ficava com ele no segundo andar olhando pela fresta da janela as crianças se apresentarem na quadra. Abraçava ele, que tremia de tanto pavor que sentia em se apresentar, apesar de sentir que, por dentro, ele tinha muita vontade", recorda o pai.

"Quase dez anos depois, está ele subindo ao palco de um dos maiores teatros de São Paulo, o teatro Alfa, lotado de gente que ele não conhece, para se apresentar sozinho", destaca.

'Autismo não é incapacidade'

Marcos Mion aproveitou o momento para aconselhar outros pais. "Se seu filho autista tem uma vontade, um interesse, um hiperfoco, apoie ele. Na verdade, esse conselho não é apenas para pais de autistas, mas sei de muitos pais que cortam o hiperfoco por 'não aguentarem mais meu filho só falando disso, só assistindo isso'", reflete.

Em seguida, ele reitera que autismo não é doença, mas, sim, uma forma diferente de funcionamento humano. "Autismo não é incapacidade, pelo contrário, se conseguir trabalhar nas terapias e fazer o autista se desenvolver, ele pode ser uma luz, uma inspiração, uma benção para milhares de pessoas."

Romeo recebeu elogios de personalidades, como Xuxa Meneghel, Rafa Brites, Adriane Galisteu e Marco Luque.

Mion também é pai de Donatella Mion, de 11 anos, e Stefano Mion, de nove - todos frutos do relacionamento dele com Suzana Gullo. Assista ao vídeo publicado pelo apresentador:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

. Quando Romeo era pequeno, durante as apresentações da escola, eu ficava com ele no segundo andar olhando pela fresta da janela as crianças se apresentarem na quadra. Abraçava ele, que tremia de tanto pavor que sentia em se apresentar, apesar de sentir que, por dentro, ele tinha muita vontade. . Corta para quase 10 anos depois e ali está ele subindo no palco de um dos maiores teatros de SP, o Teatro Alfa, lotado de gente que ele não conhece, para se apresentar SOZINHO! Com a Mari, sua professora de dança, claro! . Isso só foi possível graças ao trabalho e dedicação desses 10 anos. De toda nossa família e dos profissionais que trabalham com Romeo. . Se seu filho autista tem uma vontade, um interesse, um hiperfoco, apoie ele. Na verdade esse conselho não é apenas para pais de autistas, mas sei de muitos pais que cortam o hiperfoco por “não aguentarem mais meu filho só falando disso, só assistindo isso”! Nunca esqueçam que foi graças a esse pensamento em algoritmos e o super poder do hiperfoco que nossa tecnologia evoluiu tanto. . Lembro de uma história sobre um menino que tinha hiperfoco em aspirador de pó. Sabia tudo sobre todos modelos. Pode parecer, para os desavisados, um interesse banal ou inútil, mas ele, dentro dessa indústria, pode ser uma peça MUITO valiosa. Pode ser responsável por uma evolução ou reviravolta, de um eletrodoméstico que todo mundo usa, por pensar nisso mais que qq outra pessoa. . Resumindo: autismo não é doença, é uma forma diferente de funcionamento, e o que faz alguém diferente é o que lhe faz bonito! Autismo não é incapacidade, pelo contrário, se conseguir trabalhar nas terapias e fazer o autista se desenvolver, ele pode ser uma luz, uma inspiração, uma benção para milhares de pessoas. . Romeo, meu anjo, se não fosse por vc...se não fosse por vc...eu não sei o que seria de mim como ser humano, como homem, como pai. Única certeza que tenho é que quero honrar sua escolha de ter me escolhido pra ser seu pai, perante a permissão de Deus. Gosto de acreditar que todos pais que recebem crianças especiais são escolhidos. Pelo anjo. Por Deus. . #autismo #autism #autismawareness

Uma publicação compartilhada por Marcos Mion (@marcosmion) em