Marcos Harter critica Globo após eliminação de Hariany: 'Hipócrita'

Redação - O Estado de S.Paulo

Ex-BBB contestou a emissora por não exibir o momento em que ele foi informado no confessionário sobre a própria desclassificação

Marcos Harter, participante da 17ª edição do 'Big Brother Brasil'.

Marcos Harter, participante da 17ª edição do 'Big Brother Brasil'. Foto: Instagram/@drmarcosharter

O ex-BBB Marcos Harter, que participou da 17ª edição do Big Brother Brasil na Globo, criticou a emissora após a expulsão de Hariany, participante eliminada do reality show por agressão física na última quinta-feira, 11. Harter também foi expulso do programa após agredir Emilly Araújo.

"E nada como o tempo... O velho e bom senhor da razão pregando peça no câncer da intelectualidade brasileira: a Rede Globo. 'Mostrar a fita' (denunciante/expulsão) é justo e se fez necessário em 2016 e agora de novo em 2019. Eu quero ver é você mostrar a minha fita. Você é covarde. Você é hipócrita. Você é medíocre. Você é lixo. Você é a doença da população brasileira. Se esconde uma simples fita de reality, o que mais você vem escondendo de nós brasileiros?", expressou em sua conta no Instagram.

 

No texto, Harter cita as datas de 2016 e 2019, edições em que Ana Paula Renault e Hariany, respectivamente, foram eliminadas por agredir fisicamente outros participantes. No entanto, na expulsão de Marcos, a emissora optou por não mostrar o participante no confessionário sendo desclassificado, diferentemente do ocorrido com as duas ex-BBBs.

 

VEJA TAMBÉM: Relembre participantes do 'BBB' que se envolveram em casos de polícia

Paulo Belote / Globo / Divulgação | José Cordeiro / Estadão | Globo / Divulgação
Ver Galeria 10

10 imagens

 

Marcos Harter ficou conhecido nacionalmente após participar da 17ª edição do Big Brother Brasil, na Globo. Ele chegou à reta final do programa, mas acabou expulso após ser acusado de agredir a participante Emilly Araújo, com quem tinha um relacionamento.

O cirurgião plástico chegou a ser indiciado por agressão e prestou depoimento à Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, à época. Em 2018, disputou as eleições a deputado federal no Mato Grosso, mas não foi eleito.

 

VEJA TAMBÉM: Relembre frases polêmicas da história do 'Big Brother Brasil'

Victor Pollak / Globo / Divulgação
Ver Galeria 11

11 imagens