Maitê Proença fala sobre pensão de pai desembargador: 'Prefiro isso do que dar na mão do governo'

Redação - O Estado de S.Paulo

Atriz falou a respeito de benefício que recebe desde que seu pai morreu

A atriz Maitê Proença.

A atriz Maitê Proença. Foto: Instagram / @eumaiteproenca

A atriz Maitê Proença falou a respeito da pensão que recebe do governo brasileiro por conta da morte de seu pai, que era desembargador, durante o Mariana Godoy Entrevista que vai ao ar nesta sexta-feira, 2, num quadro em que respondia a perguntas enviadas pelo público.

"Esse benefício que ela [internauta] acha que eu recebo - que eles dizem que é de militar, e meu pai nunca foi militar - meu pai pagou a vida inteira, então, está pago. Saiu do salário dele mensalmente, isso foi um benefício pago pelo imposto específico para isso", disse.

Questionada sobre os motivos de não abrir mão do benefício para ter uma posição "exemplar", respondeu: "Não vou discutir o que eu faço da minha vida privada e como eu distribuo meu dinheiro. Ele [internauta] não sabe se eu faço caridade ou não, se eu pego esse dinheiro e dou para alguém, ele não sabe nada disso. Eu prefiro fazer isso por conta própria do que dar na mão do governo".

Maitê também aproveitou para criticar a ex-presidente Dilma Rousseff: "Eu não a teria colocado lá, para começo de conversa, porque acho que ela não estava preparada para a função. Ela poderia ter sido efetiva em outras funções, mas ali ela foi empurrada por um esquema que visava o futuro. Então acho que aquilo foi uma esparrela para ela e para o País".

O Mariana Godoy Entrevista com Maitê Proença irá ao ar nesta sexta-feira, 2, a partir das 23 horas na RedeTV!.