Maisie Williams revela ter ficado surpresa por sua personagem em 'Game of Thrones' não ser LGBT+

Redação - O Estado de S. Paulo

Atriz não esperava ter cena íntima com Joe Dempsie na última temporada do seriado

Maisie Williams achava que sua personagem Arya Stark, em 'Game of Thrones', fosse LGBT+.

Maisie Williams achava que sua personagem Arya Stark, em 'Game of Thrones', fosse LGBT+. Foto: Mario Anzuoni/Reuters

A atriz Maisie Williams revelou durante entrevista à Teen Vogue que ficou surpresa com a cena de sexo entre Arya Stark, sua personagem em Game of Thrones, e Gendry Baratheon (Joe Dempsie). A atriz confessou que, na verdade, sempre acreditou que Stark fosse gay.

"A primeira vez que fiquei surpresa com Arya provavelmente foi no final da série, quando ela tira as roupas e dorme com Gendry. No começo, achei que era uma piada. Eu disse: 'Essa foi boa'. E os produtores falando: 'Não, a gente não fez isso dessa vez'. Achei que a Arya era LGBT+, sabe? Então... É, foi uma surpresa", contou.

Game of Thrones tem oito temporadas, lançadas entre 2011 e 2019. A série foi parcialmente baseada nos livros da saga As Crônicas de Gelo e Fogo, assinados por George R. R. Martin.

Os episódios do seriado estão disponíveis para assistir na HBO Max. Além disso, o universo de GoT retorna com A Casa do Dragão, spin-off que será lançado em 22 de agosto, também da plataforma de streaming da HBO.