Mãe de Lindsay Lohan é acusada de dirigir bêbada e provocar acidente

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Dina Lohan chegou a ser presa, mas está solta enquanto aguarda julgamento; ela possui um histórico de dirigir embriagada

Dina Lohan saindo de um tribunal de Nova York em 2013, após ter afirmado que não dirigiu bêbada em meio a um processo

Dina Lohan saindo de um tribunal de Nova York em 2013, após ter afirmado que não dirigiu bêbada em meio a um processo Foto: Frank Eltman / AP Photo

Dina Lohan, mãe da atriz Lindsay Lohan, foi detida em Nova York, nos Estados Unidos, após se envolver em um acidente de carro e fugir do local. Segundo a polícia, Dina aparentava estar embriagada.

A mídia local informou que a mulher dirigia uma Mercedes no sábado, 11, em Long Island, quando bateu em outro veículo e foi embora. O outro motorista seguiu Dina até a residência dela e chamou a polícia.

Segundo documentos obtidos do tribunal que está com o caso, a mãe da atriz foi encontrada no assento do motorista, com o motor ligado, o hálito com cheiro de álcool, olhos vidrados e dificuldade para falar.

Ainda de acordo com a polícia, ela caiu ao sair do carro e acusou o policial de tê-la empurrado, dizendo que bebeu apenas uma taça de vinho.

Dina Lohan, que se declarou culpada em 2014 por dirigir bêbada, se recusou a fazer o teste do bafômetro e estava com a habilitação suspensa por não pagar impostos. Ela foi detida e liberada pouco depois, mas deve comparecer ao tribunal, onde será julgada.

O advogado dela, Mark Heller, disse que a situação foi um "assunto infeliz" e está confiante que o caso irá se resolver de forma "favorável" para Dina.

Com informações da EFE

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais