Lulu Santos fala sobre relação com marido: ‘assumir foi não excluir a possibilidade de ser feliz’

Redação - O Estado de S.Paulo

‘Você vê os beijos dos casais, os romances, os comerciais, os filmes, e acaba não se vendo representado naquilo’, diz o músico

Lulu Santos e Clebson Teixeira

Lulu Santos e Clebson Teixeira Foto: Instagram / @clebson.teixeira

Lulu Santos deu entrevista à Tatá Werneck no Lady Night desta quinta-feira, 28, e falou sobre seu relacionamento com o marido Clebson Teixeira e referências musicais que inspiraram a sua carreira.

O cantor relembrou o dia em que o público se deu conta de sua relação homoafetiva. "A primeira vez que ele passou um fim de semana estendido no Rio, na hora que ele foi embora, ele postou a foto do helicóptero, que eu repostei e as pessoas juntaram as coisas. Fizemos em homenagem um ao outro", recorda.

Na época da gravação do programa, o casal ainda não tinha oficializado a união estável, mas já nutria consigo a importância da representatividade para a felicidade dos dois.

"Você vê os beijos dos casais, os romances, os comerciais, os filmes, e acaba não se vendo representado naquilo, como se você fosse excluído daquela possibilidade de felicidade. Acho que o que a gente fez [assumindo o então namoro] foi não se excluir da possibilidade de ser feliz", afirmou Lulu.

"Nunca tive a oportunidade de falar, e possivelmente não gostaria também, do que eu mesmo sofri: auto-opressão e opressão da sociedade", completou.

Mudando de assunto, Tatá Werneck questionou Lulu sobre sua carreira profissional. Ele listou como suas referências Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Chico Buarque, Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Beatles e Rolling Stones.