Luigi Baricelli e esposa comemoram sucesso de retirada de câncer

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Andreia Baricelli teve um tumor na mama identificado após fazer um exame anual, e ressaltou a importância da prevenção

Andreia Baricelli alertou para a necessidade de realizar os exames de prevenção ligados ao câncer de mama

Andreia Baricelli alertou para a necessidade de realizar os exames de prevenção ligados ao câncer de mama Foto: Instagram / @andreiabaricelli

Andreia Baricelli, esposa do apresentador Luigi Baricelli, precisou fazer uma cirurgia para retirar um câncer de mama no domingo, 8, e comemorou o sucesso do procedimento nas redes sociais. Ela também fez uma publicação falando da importância dos exames anuais de prevenção.

“A felicidade pode estar até na dor quando vista como crescimento. Sou grata a Deus por me permitir lutar e vencer!”, disse Andreia em uma foto na qual aparece ainda na cama de um hospital. 

Luigi também falou sobre o procedimento: “Vencemos está primeira etapa que foi a cirurgia, com sucesso”. Ele destacou que o casal enfrentou o diagnóstico “de frente superando nossos medos” e agradeceu às mensagens de apoio que os dois receberam. 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

VENCER o MEDO. Atitude VENCEDORA. A @andreiabaricelli , minha esposa foi diagnosticada com câncer de mama tem 15 dias. Como qualquer outro problema encaramos de frente superando nossos medos e criando através do conhecimento, fé, amigos, família e uma junta médica, ações para que pudéssemos ganhar essa batalha. Vencemos está primeira etapa que foi a cirurgia, com sucesso, com a condução do @evandro_fallaci_mateus Obrigado a todos pelo apoio, pelo carinho, pelas mensagens. Segundo dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer), o câncer de mama acomete 66 mil mulheres por ano no Brasil e é o segundo tipo da doença mais comum entre o sexo feminino (atrás apenas do câncer de pele não melanoma). O tumor mata cerca de 17 mil mulheres por ano no país, mas seu tratamento tem grande chance de sucesso (90%) quando o problema é descoberto em estágio inicial. Quando a cirurgia é indicada? A operação é o principal tratamento para muitos cânceres sólidos em estágio inicial. No caso do de mama, em linhas gerais, o tratamento de um tumor pode ser apenas local (com cirurgia e radioterapia) ou também sistêmico (com quimioterapia, terapia alvo e/ou terapia hormonal). Em tumores em estágio inicial, a operação é conservadora, com a retirada apenas da área em que o nódulo está localizado. Já em fases mais avançadas da doença pode ser indicada a mastectomia, que é remoção de toda a mama (em alguns casos, de ambas e/ou de tecidos próximos). A reconstrução mamária pode ser feita na mesma operação ou em um procedimento separado. Não tenham medo, façam o exame, o diagnóstico precoce pode salvar sua vida. #cancersemama #atitudevencedora @drpedrobatistajr @preventsenior

Uma publicação compartilhada por Luigi Baricelli (@luigibaricelli) em

Segundo ele, Andreia foi diagnosticada com câncer em outubro. Ela revelou o diagnóstico em um vídeo publicado na quinta, 5. “Esse ano eu fiz exatamente o que eu faço todos os anos, os meus exames de rotina”, comentou.

“A empatia com meu médico foi acolhedora. Do meu lado estava meu marido, os meus filhos que sempre me fortalecem”, afirmou Andreia. “Depois que eu absorvi essa nova realidade eu resolvi vir aqui falar com vocês porque eu sei que outras mulheres estão na mesma luta que a minha. E eu queria lembrar a importância de cuidar da saúde. O câncer de mama tem cura sim, e se você descobrir cedo, precocemente, mais rápido e fácil o tratamento”, alertou ela.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais