Lucio Mauro Filho se emociona ao interpretar personagem do pai na 'Escolinha' após sua morte

Redação - O Estado de S.Paulo

'Não existe jeito melhor de lidar com essa perda', escreveu ator; Lúcio Mauro morreu no último sábado, 11, aos 92 anos de idade

Lucio Mauro Filho e Lúcio Mauro como Aldemar Vigário na 'Escolinha do Professor Raimundo'

Lucio Mauro Filho e Lúcio Mauro como Aldemar Vigário na 'Escolinha do Professor Raimundo' Foto: Paulo Belote / Globo / Divulgação | Reprodução de 'Escolinha do Professor Raimundo' (1990) / Globo

O ator Lucio Mauro Filho publicou uma homenagem ao seu pai, Lúcio Mauro, morto no último sábado, 11, mostrando seu retorno às gravações da Escolinha do Professor Raimundo em seu Instagram na noite da última quarta-feira, 15.

"Quis o destino que no dia seguinte à despedida do meu velho eu tivesse que me vestir de seu personagem na volta da Escolinha. O que poderia ser imaginado como uma tarefa hercúlea, foi, na verdade, mais um lindo momento dessa passagem do papai", escreveu.

Desde 2015, com o retorno da atração, Lucio Mauro Filho interpreta Aldemar Vigário, aluno bajulador do Professor Raimundo (Chico Anysio), com o qual seu pai fez sucesso na versão antiga da Escolinha do Professor Raimundo. Em seguida, relatou o apoio recebido por parte de seus colegas humoristas.

VEJA TAMBÉM: Programas que voltaram ao ar após serem extintos - como a Escolinha do Professor Raimundo

Daniel Garcial / Estadão | Vivi Zanatta / Estadão | Juliana Ortega / TV Cultura / Divulgação | Globo / Divulgação
Ver Galeria 11

11 imagens

"Fui homenageá-lo no melhor lugar possível e na companhia mais maravilhosa que há, a da família. No caso, a família da comédia. Todos torcendo por mim, rindo de cada piada e até se emocionando um pouquinho".

"Foi lindo demais. Me senti acolhido e iluminado. Papai partiu enquanto eu estava no palco. Nada mais justo do que seguir fazendo aquilo que ele me ensinou", prosseguiu.

Por fim, o ator ressaltou o lado positivo de retornar ao trabalho poucos dias após o triste fato: "Não existe jeito melhor de lidar com essa perda. Eu sinto sua aprovação o tempo todo. Uma presença serena me dizendo: 'Vai, Lucinho!'. E eu vou, meu velho. Vou seguir sua luta. Viva Lúcio Mauro!".

Confira a homenagem de Lucio Mauro Filho ao seu pai, Lúcio Mauro, ao voltar às gravações da Escolinha do Professor Raimundo abaixo:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Quis o destino que no dia seguinte à despedida do meu velho, eu tivesse que me vestir de seu personagem na volta da Escolinha. O que poderia ser imaginado como uma tarefa hercúlea, foi na verdade mais um lindo momento dessa passagem do papai. Em vez de ficar em casa triste relembrando sua presença, aconteceu o contrário. Fui homenagea-lo no melhor lugar possível e na companhia mais maravilhosa que há, a da família. No caso, a família da comédia. Todos torcendo por mim, rindo de cada piada e até se emocionando um pouquinho. Foi lindo demais. Me senti acolhido e iluminado. Papai partiu enquanto eu estava no palco. Nada mais justo do que seguir fazendo aquilo que ele me ensinou. Trabalhar pela alegria do povo. Hoje foi novamente incrível e amanhã, estarei de volta ao palco, com “5X Comédia” em São Paulo. Não existe jeito melhor de lidar com essa perda. Eu sinto sua aprovação o tempo todo. Uma presença serena me dizendo, “vai Lucinho!”. E eu vou meu velho. Vou seguir sua luta. Obrigado meus colegas dessa Escola de afeto. Continuo aprendendo e me divertindo com vocês! Ô Glória! ✨ #VivaLucioMauro #escolinhadoprofessorraimundo #escolinha #luciomauro

Uma publicação compartilhada por Lucio Mauro Filho (@luciomaurofilhooficial) em

Relembre também outras homenagens publicadas por Lucio Mauro Filho após a morte de Lucio Mauro, ocorrida no último sábado, 11:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Essa foto foi feita horas antes de meu pai sofrer o AVC que lhe colocou sob cuidados especiais durante os últimos 3 anos. Se ele resistiu tanto tempo, foi graças ao amor e dedicação dessa mulher. Minha mãe lutou cada segundo desde então, para que a vida do papai tivesse a melhor qualidade possível. Foram quase 50 anos de amor e amizade. Papai partiu no sábado à noite, como que corresse para não estragar o domingo do dia das mães. É claro que foi um domingo difícil. Depois que voltei correndo de São Paulo, fui liberar seu corpo no hospital. De lá peguei as crianças e fomos para a casa de mamãe, para poder enche-la de carinho e amor. Cercada pelos filhos e netos, ela esbanjou serenidade e mesmo sentindo o vazio da perda do velho, demonstrou uma resiliência que só os grandes seres humanos podem ter. Não dá pra desejar um feliz dia das mães, pois já estamos na segunda e não foi o que se possa chamar de um dia feliz. Mas o orgulho que tenho de ser seu filho, é do tamanho do universo. Todo dia é seu dia mãe. Agora mais que nunca! Te amo demais. Obrigado por tudo! Vamos seguir juntos essa estrada linda que papai pavimentou. ✨

Uma publicação compartilhada por Lucio Mauro Filho (@luciomaurofilhooficial) em

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Por volta das 22 horas deste sábado, meu amado pai serenou. Ele merecia esse descanso. Lucio Mauro teve uma vida linda, uma carreira vitoriosa, 5 filhos, 5 netos, dois casamentos, com Arlete e Lu, duas mulheres fantásticas que se tornaram amigas e mantiveram essa família unida. Papai foi um pioneiro, saiu do teatro de estudante lá no Pará, foi pro Recife, fez rádio, inaugurou a televisão no Nordeste e de lá, veio para o Rio de Janeiro pra se tornar um dos maiores artistas deste país. Me influenciou em tudo. O homem que sou, o artista, o pai de família, o amigo. Eu nada seria sem seus ensinamentos. Tivemos o prazer de trabalhar juntos, na TV, no Teatro, no Cinema e na Publicidade. Rodamos o Brasil colocando nossas vidas a serviço da arte, em “Lucio 80-30”, quando ele teve a chance de dividir o palco com os filhos. Não faltou nada. Há três anos ele sofreu um AVC. Foi forte e resistiu. Mas já não era a mesma coisa. Preso a uma HomeCare, ele lutou até suas últimas forças. Ainda teve a alegria de conhecer Liz, a neta inesperada que chegou pra promover o ciclo da vida. Estava internado há quase quatro meses. A esticada foi longa e sofrida. Agora só restava o descanso que ele tanto merece. Meus agradecimentos á todos os funcionários da Clínica São Vicente, onde papai sempre foi cuidado com carinho e profissionalismo. Á Rede Globo pela parceria e lealdade. Nós ficamos por aqui, celebrando sua existência e seguindo com seu legado. Vai com Deus meu velho. Vai se juntar a Chico, Agildo, Silvino, Rogerio, Miele e tantos outros, para juntos fazerem cócegas nas estrelas. Obrigado por tudo! Viva Lucio Mauro! ✨ #VivaLucioMauro

Uma publicação compartilhada por Lucio Mauro Filho (@luciomaurofilhooficial) em

Lúcio Mauro morreu aos 92 anos de idade, por volta das 22h de sábado, 11 de maio. Ele estava internado há quatro meses na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro. O velório foi realizado no Teatro Municipal do Rio, entre as 9h e as 14h de segunda-feira, 13.