Louro Santos, cantor de forró nordestino, morre de covid-19

Redação - O Estado de S.Paulo

O artista, de 49 anos, estava há quinze dias internado em um hospital particular em Recife

Cantor Louro Santos morreu nesta segunda-feira, 23, vítima de covid-19

Cantor Louro Santos morreu nesta segunda-feira, 23, vítima de covid-19 Foto: Instagram/ @llourosantosoficial

O cantor Louro Santos, de 49 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira, 23, por complicações causadas pela covid-19. Ele estava internado há quinze dias em um hospital particular em Recife, após ter sido diagnosticado com o coronavírus

A morte do artista de forró nordestino, que fez parte de bandas como Aveloz, Arretados do Forró e Forró da Malagueta, foi confirmada nas redes sociais por um amigo pessoal, o comunicador Léo Lima. 

“É com muita tristeza que comunico o falecimento do meu amigo e compadre Louro Santos vítima da Covid-19. Nossos sentimentos a Natalia, Victor Santos, Gabriel e demais familiares. Você vai fazer falta meu irmão”, escreveu o jornalista. 

Louro Santos também era compositor e teve algumas de suas canções interpretadas por artistas como Joelma, Calcinha Preta e Saia Rodada. Diversos nomes da música lamentaram a morte dele. 

"Perdemos esse grande compositor para a covid-19. Que Deus te receba e que Ele conforte e alivie o coração de toda sua família. Vamos continuar nos cuidando para que lesse vírus não leve mais ninguém que amamos”, disse a ex-integrante da banda Calypso em seu storie. 

"Neste momento de dor quero deixar meus profundos e sinceros sentimentos aos familiares e amigos deste grande artista, cantor e compositor. O Forró hoje amanheceu de luto", escreveu o cantor Flávio José em publicação no Instagram.