Linkin Park não descarta escolher novo vocalista para a banda

Redação - O Estado de S.Paulo

Chester Bennington morreu em 2017, mesmo ano em que grupo lançou novo álbum

Ex-integrantes da banda Linkin Park.

Ex-integrantes da banda Linkin Park. Foto: Mario Anzuoni/Reuters

Desde a morte de Chester Bennington, Mike Shinoda comanda o Linkin Park. A banda sofreu com a perda do vocalista original há dois anos. 

Em julho de 2017, Chester Bennington, de 41 anos, foi encontrado morto em sua casa na Califórnia após cometer suicídio. No mesmo ano, o grupo havia lançado o álbum ao vivo One More Light Live.

Em entrevista ao Rock Antenne, Mike Shinoda não descartou a possibilidade de a banda encontrar um novo vocalista. “Não é meu objetivo encontrar um novo cantor mas, se isso acontecer, tem que ser naturalmente. Se acharmos alguém que é uma boa pessoa e encaixa bem no estilo, eu consigo me ver tentando algo com outra pessoa. Mas eu nunca gostaria de sentir que estamos substituindo Chester”, declarou.

Mike Shinoda relatou que o grupo ama o que faz e encontrou, na paixão pelos palcos, motivos para continuar após a morte de Chester. “Nós todos amamos fazer e tocar música. Eu sei dos outros caras. Eles amam estar no palco, amam estar no estúdio, então, acho que sem isso...seria quase ruim para a saúde”, desabafou o atual vocalista do Linkin Park.