Lily Allen deixa o Twitter após ataques de ódio

- O Estado de S.Paulo

Dennis, amigo da cantora, assumiu sua conta 

Cantora deixou a rede social no dia 25 de fevereiro

Cantora deixou a rede social no dia 25 de fevereiro Foto: REUTERS/Olivia Harris

Lily Allen deixou de usar sua conta no Twitter no último dia 25. Depois de sofrer diversos ataques no final de semana, o perfil da cantora está sob controle de seu amigo, Dennis. 

Ao responder uma seguidora, que perguntou como a Lily teria desenvolvido doenças psicológicas, a cantora assumiu sofrer de estresse pós-traumático desde 2010, quando estava grávida de seis meses e perdeu o bebê. Haters falaram que a culpa da morte da criança era dela, pois se drogava demais. 

Lily decidiu deixar a rede social no último sábado, 25, quando Dennis assumiu sua conta. Ele bloqueou as contas que ofendiam a cantora e tem respondido a tuítes dirigidos a ela.

"Minha timeline está cheia de pessoas sexistas, misóginas, racistas. De verdade, um novo nível", escreveu Lily.