Lázaro Ramos critica filme indicado ao Oscar

- O Estado de S.Paulo

'Quando quero ver teatro, vou a uma peça, quando quero ir ao cinema, vou a uma sala', comentou

Lárazo Ramos em entrevista para a Radio Eldorado. 

Lárazo Ramos em entrevista para a Radio Eldorado.  Foto: Gabriela Biló/Estadão

O ator Lázaro Ramos utilizou sua conta no Instagram para fazer uma breve crítica a respeito do filme Um Limite Entre Nós, também conhecido por seu nome original, Fences, dirigido por Denzel Washington.

Para Lázaro, o filme peca por não conseguir se diferenciar com sucesso de uma peça de teatro , como em algumas marcações de cena, trazendo "vícios" teatrais e com textos grandes demais.

"Quando quero ver teatro, pago meu ingresso e vejo uma peça. Quando quero ir ao cinema, pago meu ingresso e vou a uma sala. História boa, atores bons, mas acredito que o Denzel ainda tem que aprimorar como transformar teatro em cinema", disse.

Em seguida, porém, fez questão de ressaltar o trabalho de atuação de Viola Davis, a "melhor atriz do mundo" em sua opinião e Denzel Washington, "um deleite".

"História pungente, direção muito boa. Merece todos os prêmios!", apostou.

Confira a postagem original abaixo:

 

 

Fences - Mau Humorzinho : Teatro é teatro, cinema é cinema! O filme tem um monte de vícios do teatro, textos grandes e algumas marcações de cena muito teatrais. Quando quero ver teatro pago meu ingresso e vejo uma peça. Quando quero ir ao cinema, pago meu ingresso e vou a uma sala. É isso, história boa, atores bons, mas acredito que o Denzel ainda tem que aprimorar como transformar teatro em cinema. - Meu Amorzinho : Viola! Viola! Viola!!Oh deusa poderosa de todos os tempos! Melhor atriz do mundo. Te amo em How To Get Away With Murder e te ver no cinema ao lado de outro deus, Denzel Washington, é um deleite. História forte, pungente, direção muito boa, vindo do teatro pro cinema, muito bem vindo. Merece todos os prêmios! Vou assistir ao Oscar de olhos vidrados esperando Viola Viola Viola e Denzel Denzel Denzel que estão maravilhosos nessa história forte e potente. - E aí, qual a opinião de vocês?

Uma publicação compartilhada por Lázaro Ramos (@olazaroramos) em